É tudo verdade

Ontem, passei o dia acompanhando o cerco a Yeda Crusius. Não acredito em impeachment e nem o desejo. A entrada em cena de seu vice — que sempre fez-lhe oposição — como uma espécie de salvador e reserva moral do estado teria consequências desastrosas. Em pouco mais de um ano de governo, Paulo Feijó poderia tornar-se herói e novo candidato preferencial da mídia gaúcha. Melhor deixar assim. É bonito ver a louca espernear. É bonito ver Serra preocupado com uma governadora do PSDB comprovadamente ladra.

Mas encontrei esta coisa entre meus e-mails. Trata-se de uma mui truculenta troca de e-mails entre este blogueiro e um candidato a deputado estadual carioca. É tudo verdade, nada foi alterado. Claro que vocês sabem que eu não sou do TRE gaúcho e nem meu sobrenome é Rabelo. Ah, alterei meu e-mail trocando algumas letrinhas e o nome do candidato fazendo o mesmo. Tudo começou com um spam emitido por ele.

From: cesar penha
To: miltonr@mdsinfo.com.br
Sent: Wednesday, September 04, 2002 11:18 AM
Subject: cesar penha

Há mais de 30 anos, desempenho um trabalho em busca da Justiça Social. Como advogado, vendo a sociedade ruir com a total falta de amparo. Empenhei-me em auxiliar aos que clamavam por ajuda. Vereador do Município do Rio de Janeiro – 88/92, fui 2º vice-presidente da Câmara Municipal. Participei de forma atuante, na elaboração da Lei Orgânica do Município. Criei projetos para dependêntes quimicos; Banheiros em praças públicas e orla marítima; Regulamentei a atividade de professor de Educação Física no Município; Doaroes de sangue não pagam inscrição para concurso público municipal; Disponibilizei vale transporte para presidentes de associação de moradores e o mais importante trabalho de minha vida, a “justiça gratuita”. Quero dar continuidade a esse trabalho e conto com seu voto. Para Deputado Estadual Dr. Cesar Penha 12 678

—– Original Message —–
From: miltonr@mdsinfo.com.br
To: cesarpenha12678@ig.com.br
Sent: Wednesday, September 04, 2002 11:20 AM
Subject: Re: cesar penha

Notei que você tem dificuldades com a língua portuguesa. Quer auxílio? Presto consultoria!

—– Original Message —–
From: cesarpenha12678@ig.com.br
To: miltonr@mdsinfo.com.br
Sent: Wednesday, September 04, 2002 12:09 PM
Subject: Re: cesar penha

Va se fuder seu merda!!

—– Original Message —–
From: miltonr@mdsinfo.com.br
To: cesarpenha12678@ig.com.br
Sent: Wednesday, September 04, 2002 1:45 PM
Subject: Re: cesar penha

Amigo.

“Vá” tem acento; e revise seu texto, ele tem 6 erros!

O mesmo para você. Milton.

—– Original Message —–
From: miltonr@mdsinfo.com.br
To: cesarpenha12678@ig.com.br
Sent: Wednesday, September 04, 2002 1:53 PM
Subject: Fw: cesar penha

Desculpe, tem 7 erros. Encontrei mais um. Você é “doutor” por ter feito um doutorado ou é apenas mais um bacharelzinho do PDT?

Milton Rabelo – TRE Porto Alegre

—– Original Message —–
From: cesarpenha12678@ig.com.br
To: miltonr@mdsinfo.com.br
Sent: Wednesday, September 04, 2002 4:04 PM
Subject: Re: cesar penha

Desde quando vc eh do TRE ??
Pensa que me assuta ??
Mais uma vez,, Vá se fuder seu MERDA !!! Bacherelzinho é a pqp!!!

Meta seus acentos e aulas no rabo !!

—– Original Message —–
From: miltonr@mdsinfo.com.br
To: cesarpenha12678@ig.com.br
Sent: Thursday, September 05, 2002 2:22 PM
Subject: RE: cesar penha

Meu caro analfabeto.

Você fez duas perguntas. Vamos a elas.

1. Trabalho na área de sistemas do TRE gaúcho. Isto significa que, se desejar, comerei seu cuzinho carioca.

2. Em sua ponderada resposta, você cometeu três erros: “Assuta” e letra maiúscula após as vírgulas. A propósito, aquelas duas vírgulas consecutivas que você acaba de inventar, significam uma pausa um pouco mais longa?
Se for o caso, sugiro a utilização de um sinal já existente em nossa gramática: o ponto e vírgula (;). E o que é “bacherelzinho”?

Milton Rabelo, sempre a seu dispor para uma aulinha.

19 comments / Add your comment below

  1. Apesar de suas considerações, o empichamento de Yeda seria interessante. Mais ainda o do Kassab, mas esse não sairá mesmo…

    Gosto muito do pessoal do PDT: são o suprasumo do cascagrossa. E o sumo de uma casca grossa é o que foi demonstrado…

  2. Li, reli e treli, Milton! desculpe o meu erro de português, amigo, mas é que estou cheio de admiração. Me senti vingado.

    Vou ler mais uma vez; é uma catarse.

  3. Primeira vez que decidi me manifestar em teu blog, devido a uma extrema timidez.
    Ri, e ri muito; e ri mais ainda!!

    Eu estou perdendo dinheiro não entrando pra política. Qualquer um, pelo jeito, consegue… Hehehehe

    Abraço, Mari.

  4. Muito barulho por nada… Não consegui nem dar um sorriso. Um monte de babaca rindo de coisas sem graça, quanta idiotice… Aliás, achei tudo bem ao nível do “Dr.” César Penha.

  5. Milton,
    perdão, mas esse argumento de que “doutor” é quem tem doutorado é lamentável. Esse tratamento já existia em toda a língua portuguesa quando ainda não se sonhava com a existência de doutorados. Além disso, sem entrar no mérito estilístico, social e político do termo, a língua escrita existe em função da falada, e não o contrário, sendo que o uso de “doutor” para médicos, advogados, juízes, etc, é conhecido por todos, ao contrário dessa pretensão acadêmica laudatória. Ademais, por ser um título acadêmico, seria uma absoluta inadequação de linguagem utilizá-lo em um e-mail não destinado ao ambiente universitário.
    Apenas para concluir: concordo que o melhor mesmo seria acabar o tal “doutor”, mas não em razão desse argumento que critico.
    Abraço

  6. provavelmente serve de nada eu dizer q achei teu post mais fraco (mas tbm: não tinha nenhuma aspiração: pra q inspiração?). é q sou mais adepto do modo: ignorância à ignorância. acho a melhor resposta.

    bom, o post acima já trouxe o nível pra cima, lugar das tuas letras.

  7. Rapaz, essa é uma das coisas mais engraçadas que eu já li. Me pegou de um jeito que, enquanto eu ria aqui, meu filho pequeno perguntou lá de longe do que é que eu estava rindo. Até duvidaria que seja mesmo não-ficção, não fosse a confiança que deposito no professor.

    As duas vírgulas consecutivas como uma pausa mais longa é demais. Tem gente que diz que vírgula é para respirar. Duas pode ser porque o cara já estava bufando de raiva.

Deixe uma resposta