Myrian Rios, a católica, em posições equilibradas (vídeo e fotos)

Engraçadíssima manifestação da deputada Myrian Rios, ex de Roberto Carlos, se não tivesse ocorrido de verdade e se não tivesse todas aquelas legendas sobre a DITADURA GAY… Ela é missionária católica… Orientação sexual pedófila? Opção sexual, opção? Divirtam-se, se der. E agradeçam a deus.

13 comments / Add your comment below

  1. Uma babá heterossexual não atacaria um menino, um motorista heterossexual não atacaria a filha dela… E um pedófilo gay estaria acima da lei que protege as crianças e adolescentes? É tanto absurdo nesse vídeo…

  2. UAU! Nós deveríamos agradecer à Dona Míriam Rios por nos esclarecer que todos os pedófilos são homossexuais! Se ela não tivesse explicado isso, o que seria de nossas crianças???
    .
    Excelente atriz e, agora, ótima deputada!
    Eu, como mulher, quero assegurado o meu direito de ser hétero e dar pra um monte de homem! E aí? o que vai acontecer se eu for obrigada a virar lésbica????
    (pqp, e esse fim do mundo que nunca chega???)

  3. Fico abismado com a naturalidade, o matter-of-factness, que transforma, na cultura heteronormativa latino-americana, elementos tão díspares:
    1. Gays são nada mais que pedófilos em potencial (essa é pra mim a alquimia mais monstruosa, metástase bizarra e me abisma a naturalidade que essa falácia é alardeada como matter-of-factness)
    2. Homossexualidade é matéria de opção.
    3. A naturalidade com que a liberdade de discriminar é vendida como um baluarte da minha individualidade, um princípio democrático acima de tudo.

    1. E para ela, não existem homossexuais, mas sim duas categorias: “Homens homossexuais e mulheres lésbicas”. Que ignorância !

      E estas interpretações bíblicas, me lembram a piada do cara que era viciado em cocaína, conseguiu parar com o vício e passou a seguir só o que a Bíblia dizia. Passado um tempo, leu na Bíblia: “do pó viestes e ao pó retornarás”. E então voltou a usar cocaína…

  4. Ah, como imagino o que ela vai dizer, nãodou-me ao trabalho de ouvir. Acredito piamente no que foi contado. (isto é que és er um agnóstico crente).
    Só dois detalhes, ela não é evangélica?
    Se for católica está contrária à posição da sua igreja no que tange a origem da homosexualidade, pois, a igreja catóclica aceita padres declarados homosexuais, desde que cumpram o voto de castidade. para a igreja católica ser homo ou hetero é uma questão de desejo, ou na sua linguagem, algo como tentação, assim o desejo não possui controle.
    Isto, para mim, é um afirmação que ser homo ou hetero não é uma opção.

  5. Porque que todo mundo que se transforma em político quer parecer certinho e de acordo com as leis de Deus? Kassab aumentou o seu próprio salário em mais 100%, porque essa mulher não se manifesta contra? Ditadura GAY? Que ignorância!

  6. Sou heterosexual, e acho que a “nobre” Deputada cometeu dois erros grosseiros, não sei se por ignorância (do saber) ou ignorância mesmo. Talvez, os dois: 1) homosexualismo não é “opção”; é de nascença; 2) homosexualismo é uma coisa; pedofilia (tara doentia), é outra. Myriam Rios deveria ter continuado nos Estados Unidos, desfrutando dos seus R$ 20 milhões caídos do céu, via Roberto Carlos. Foi isso que ela aprendeu por lá?! Ela tem bem a cara da TFM que ajudou a instalar no Brasil 20 anos de ditadura! Bah, vai ser reacionária assim, lá na Urca!

Deixe uma resposta