Sexo oral não é pecado quando for realizado pensando em Jesus

obispo

Francisco Javier Martinez, arcebispo de Granada, Espanha, deu conselhos às mulheres crentes evitarem cair em pecado ao praticarem sexo oral com seus parceiros.

“As mulheres podem praticar felatio com seus maridos sempre que eles pedirem. Mas quando o fizerem, devem pensar em Jesus para não se tornarem pervertidas. “Recorda que não és uma pervertida”, disse a sumidade.

O prelado já tinha provocado polêmica com o livro Cásate y sé sumisa (Case e seja submissa), lançado em dezembro passado na Europa. Mulheres, não deixem de ler!

via Pepe Martini. Retirado daqui.

31 comments / Add your comment below

      1. Sabe, pensava a mesma coisa. Que o Jesus nórdico , olhos azuis e barba por fazer, a versão mais oficializante da Igreja Católica, pode ser uma ótima companhia para uma sexta a noite. Banho de espuma, sais de banho, velas aromáticas e pensamentos cativos no Jesus que é quase a encarnação masculina de o Pecado mora ao lado.

    1. Este padre, ou a puta que o pariu esta fodido dos cornos…Agora temos que pensar em Jesus, quando me estiverem a fazer um broche, ou eu a fazer um minete…Oh valha-me Deus ?!

  1. Finalizando, data vênia aos que pensam diferentemente, gostaria de deixar simplórias reflexões a essa enciclopedista discussão:
    a) Se Deus criou o céu da boca, então potencialmente todos os machos podem assumir sem pecado o seu lado, a sua rima pobre, digamos logo: viado! (é óbvio que não estou a tratar, aqui, dos efetivos…).

    b) A prova cabal de a), sem dúvida, é a foto…: notem como Javier Martinez, com a mão esquerda, bate discretamente uma “bronha” (segurando o ereto cajado tratado, cuidadosamente, com óleo de peroba)… Sim, a face resignada do mancebo possui um profundo significado… Ora, senhoras e senhores, o nome dele: É SAUDADE!

    1. hahaha
      lembrei do livro q estou lendo por milhares de indicações do milton, confraria de tolos… o Ignatius batendo uma pensando num collie. eu nunca ri tanto lendo um livro e estou só na página 50.

      1. A estrebaria, com todos aqueles animaizinhos, daria um ótimo cenário para um pornô hardcore ou mesmo um pornô de gênero. Uma peça de bestialismo estrelando anjos, bovinos e o casal mais descolado de Nazaré. Todos cantando Hosana nas alturas

        1. Eu estou um pouco em dúvida agora se sexo com anjos poderia ser considerado bestialismo.
          Se você for levar em conta a fisionomia dos querubins descrita nos capítulos iniciais do profeta Ezekiel, comer um anjo configura quase a mesma coisa que foder uma fênix ou uma Harpia.
          (Alguém aí tem o Bestiário de Borges perto de si)
          Se no entanto a anatomia angélica é aquela de Gênesis 6,1-4, ou pelo menos aquela que se deixa ler indiretamente ali, os anjos gostam de descer a Terra vez ou outra para dar uma fodinha com as Filhas dos Homens. O resultado de uma dessas fodas sem a devida proteção, diz Moisés, foi o nascimento de gigantes.

  2. Bom todos tem o livre arbitro o de pecar ou não fazendo sexo oral.a boca foi feita pra comer ,receber o corpo do sr que e santo e não merece ser recebido por uma boca pecaminosa.

  3. Parece e só pode ser anedota. É, sendo verdade, das maiores asneiras que pode ser dita por um ordenado da Igreja Católica. Pelo contrário, aconselho a que essa acção, o tal sexo oral, seja praticado, sem pensar em mais nada ou está sujeita a cortar o “pipo” ao parceiro

  4. Pois eu penso que ele tem razão. Sexo por sexo, não é a mesma coisa do que fazer sexo com sentimentos e emoção. O sexo, é banal, sem sentimentos de amor pelas pessoas que o praticam. Assim, claro que pensar em Jesus é uma metáfora, mas remete-nos para nós mesmos, e para o que sentimos quando fazemos as coisas. E, claro, em tudo o que fazemos na vida. Tenho dito.

  5. No
    Convento de Mafra e noutros que andam para aí, foram e são encontrados fetos Mortos.
    A minha pergunta é a seguinte:

    em quem esses filhos da Puta pensam quando mandam matar um bebe?

Deixe uma resposta