A internet comemora hoje os 21 anos do maior momento da televisão do RS: o choque de Lasier Martins

choque lasierUm grito duplo, lancinante e altamente cômico, algo que o Monty Python não faria melhor.

— Ajuda aqui! — diz alguém na cena.

De volta ao estúdio, Cristina Ranzolin diz constrangida):

— Voltamos em seguida com o esporte e o comentário de Paulo Roberto Falcão.

A cena é de um dos virais mais clássicos do Brasil e, se não foi o maior momento da TV no sul do país, ao menos foi o mais eletrizante. Quem não deu gargalhadas com o choque de Lasier Martins na Festa da Uva de 1996? Pois o 21 de fevereiro é a Data Máxima da televisão e da RBS no estado. Quem não chora de rir ao ouvir Cristina Ranzolin dizendo, perturbada, “Voltamos em seguida com esportes”? Quem não conhece a expressão “Aqui do lado, Pederneiras”, ou “Essas, mais de mesa”?

Antes de ser expulso do PDT e de assinar coisas sem ler no Senado, Lasier tomou um choque de 220 volts, ficou desacordado por alguns segundos, quebrou uma costela, foi parar no hospital e, depois, para a mais completa glória, no YouTube.

O choque não o trouxe à realidade, mas foi o momento mais inteligente de Lasier frente às câmeras.

Reveja abaixo a cena completa que hoje chega à maioridade.

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

6 ideias sobre “A internet comemora hoje os 21 anos do maior momento da televisão do RS: o choque de Lasier Martins

  1. Eletroconvulsoterapia ou eletrochoque,fui olhar no Google, pode provocar efeitos como perda de memória pelo que quaisquer decisões importantes devem ser adiadas. Isso explica, Milton porque o Lasier não lembrou que tinha que ler o conteúdo daquela PEC do Jucá, antes de assiná-la. Aí vão dizer que ele levou o choque há muitos anos atrás. Acontece quem o Lasier é um pouco lento para elaborar seus pensamentos e provavelmente seu cérebro ainda estava sob os efeitos daquela corrente elétrica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *