Bom dia, Zago (com os melhores lances de Cruzeiro 0 x 2 Inter)

Compartilhe este texto:

Que coisa, os quatro times que foram para as semifinais do Gauchão fizeram 6 pontos nas quartas-de-final. Todos venceram seus dois jogos, Grêmio e Inter com facilidade, Caxias e Novo Hamburgo sempre por escores mínimos.

Ontem, vi somente o primeiro tempo de Inter e Cruzeiro. O jogo começou enroscado. A invenção de colocar Roberson no lugar de D`Alessandro revelou-se como o previsto por todos, menos tu, Zago. Deu bem errado e dava trabalho procurar Roberson em campo. Ele estava sempre longe da jogada. Enquanto isso, Valdivia e Carlos assistiam a partida do banco. Tu sempre preferes improvisar com os bruxos, né, danadinho?

Roberson sempre recebe chances, mas nunca resolve | Foto: Ricardo Duarte

Roberson sempre recebe chances, mas nunca resolve | Foto: Ricardo Duarte

Mas Cuesta marcou um gol após uma cobrança curta de escanteio. Sobre este gol, vou contar uma coisa procês. Há um trabalho feito na Ufrgs que garante, estatisticamente, que o escanteio curto resulta em mais gols que o cobrado direto. Pois é. Eu imaginava.

Logo depois, depois de uma saída errada de bola do Cruzeiro, Nico López fez um golaço de fora da área, estabelecendo a vantagem que me fez ir para o cinema. No segundo tempo entraram Seijas, Valdívia e Carlos. Soube que o time melhorou, apesar de não marcar outros gols.

Mas quem acertou mesmo o time foi Edenílson. Foi o melhor em campo, fazendo o lado direito funcionar. E mais não sei.

Aliás, sei. Sei que tem jogão quarta-feira no Beira-Rio pela Copa do Brasil. Será contra nosso algoz-mor, o Corinthians, às 21h45.

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *