O quartel é lindo. Soldado defende-se declarando seu amor pela 2º Tenente

O Soldado do Efetivo Variável Adriano está perdidamente apaixonado pela 2º tenente Camila. Com as mãos, fez uma bexiguinha ficar com o formato de um coração e cantou para ela “Como é grande o meu amor por você”, de Roberto Carlos, nas dependências do quartel. Ela ficou constrangida, claro. Acho que o moço se deu mal. Não sei se vai adiantar dizer que sente o perfume da moça até quando faz faxina. Bem, torço para que o julgador dê-lhe pena leve — talvez uma medalha por bravura — e o mande estudar português. Porque sua defesa… Bem, ali ele ESTRAPOLA MESMO! Leiam abaixo.

fato

defesa

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Este blog é cultura: etimologia da palavra “lavabo”

lavaboDedicado a Fabrissa Valverde, que acordou com essa coisa na cabeça.

Nós todos o conhecemos. Todos nós já o utilizamos. Mas alguma vez paramos para pensar de onde vem o nome do local conhecido como lavabo?

A palavra lavabo é o futuro do verbo latino lavare. Literalmente significa “Lavarei”. Até aí tudo bem. Não é sem lógica de que um local usado para lavar as mãos e outras coisas tenha um nome relacionado com o verbo lavar. Mas por que no futuro? É uma promessa? É para lembrar-nos de uma obrigação?

A explicação deve ser procurada nada mais nada menos do que no rito da Missa Tridentina, que é a que vem do Concílio de Trento. Como é sabido, esta é oficiada em latim. Durante a cerimônia, antes de tocar o anfitrião, o padre lava as mãos e recita o Salmo 26, 6, que diz:

Lavabo inter-manus meas Innocentes
circumdabo et altare tuum, Domine.

Isto é:

Lavarei minhas mãos entre os inocentes
e darei uma voltinha pelo teu altar, Senhor.

Roubado daqui.

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

O MPF me pegou

Tenho sérias e bem fundamentadas restrições a algumas acusações, mas se o MPF tem convicção…

mpfAutoria: Fernanda Melo

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

O Sétimo Selo e o burkini

Lembram das falas originais do filme de Ingmar Bergman? 🙂

Burkini O sétimo selo Morte Ingmar bergman

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Feliz Dia do Amigo

Nelson Moraes: A gente tem que abrir a cabeça pra entender que amizade é tudo.

Dia do Amigo Trotsky Stálin

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Tão otário que paga pra te ver

E o Partido se autodenomina Novo.

rodr constantino

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

14 Frases célebres (e ácidas) da atriz russa Faína Ranevskaia

faina— “Todo mundo se queixa por sua aparência, mas ninguém reclama da própria inteligência”.

— “Não se produz um pum alegre com uma bunda triste”.

— “Saúde é ter dores todos os dias em lugares diferentes”.

— “Ia mandar você, mas estou vendo que você já é de lá”.

— “O homem perfeito lembra sempre o aniversário da mulher e nunca sua idade”.

— “O homem que nunca lembra o aniversário, mas não esquece a idade da mulher, é o marido”.

— “Solidão é quando você tem telefone em casa, mas quem toca é o despertador”.

— “Quando alguém te fizer mal, dê-lhe docinhos e repita isto até o dito cujo ter diabetes”.

— “Que sentido tem em fazer uma cirurgia plástica? Você renova a fachada mas a canalização fica a mesma”.

— “Ai meu Deus como sou velha, ainda lembro de gente honesta”.

— “Já faz tempo que ninguém me chama de puta, estou perdendo popularidade”.

— “Deus criou mulheres belas para que os homens pudessem amá-las, e bobas para elas poderem amar os homens”.

— “Você casará e vai entender o que é felicidade, só que então será tarde”.

— “Trabalhar num filme ruim é o mesmo que cuspir para a eternidade”.

De Faína Ranevskaia (1896-1984), atriz russa. (trad. de Elena Romanov)

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Algumas logomarcas que não deram nada certo…

Encontrado por aí. Por exemplo, o Kids Exchange virou…

piores-logos-do-mundo1

logomarcas-que-nao-deram-certo1

logomarca-subliminar1

logomarcas-subliminares1

logomarcas-que-não-deram-certo1

logomarcas-pornograficas1

logomarcas-mais-feias-do-mundo1

logomarca-de-sexo1

logomarca-com-sentido-duplo1

logomarca-com-duplo-sentido1

logomarca-subliminares1

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Olimpíadas 2016

Olimpíadas

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Argélico Fucks, um nome socialmente problemático?

Meus caros sete leitores, a Wikipedia tem um verbete de artigos incomuns. Nele, há uma sessão chamada Weird Names (Nomes estranhos). Quem está lá? Ora, o atual treinador do meu time, o SC Internacional. Argélico Fucks. E, vejam bem, nem é pelo Argélico! A explicação para a inclusão do nome de Argel é a de que seu sobrenome seria socialmente problemático. Todo mundo sabe o que é “to fuck”, creio. Certa vez, um jornal estampou: “Fucks Off to Benfica”, gíria que significa “Cai fora pro Benfica”. Porém, fuck off pode ser também “tomar no cu” ou “ir à merda”. A Wikipedia diz:Argélico 01Argélico 02

No Eurosport:

Argel Fucks off to Benfica

Com a colaboração de um dos sete, Alberto Rosa.

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Atenção Marcel van Hattem!

Queremos as Creches Sem Partido…

Marcel Van Hattem (2)

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Instituto Liberal denuncia a física quântica como instrumento marxista

iWKad22

A introdução ao artigo é do Jornal GGN:

No artigo “A complicação como método ideológico”, reproduzido integralmente abaixo (http://migre.me/tZaOm) o autor diz que “a Verdade está sempre associada à luz, ao desatar de nós e à contemplação imparcial”.

No entanto, “a marca histórica da esquerda é a falta de clareza. Claro, pois para justificar um sistema de crenças que não funciona, é esperado que as assertivas não pudessem ser facilmente analisadas ou refutadas, esperando-se do discípulo apenas a fé no que o mestre diz”.

O autor lista como “disciplinas típicas da esquerda” a Sociologia e a História. Para ele, a filosofia, como ciência, visou “implantar o socialista, associado à ideia marxista (…) (dizimando) os sistemas de crenças concorrentes”, como o Cristianismo e a ideia de Verdade.

Da Filosofia, o autor apontou seu dedo acusador para a Física.

Sobram bordoadas na física newtoniana, que “é, para quem quer confundir, excessivamente exata, matemática e previsível. São objetos em movimento no universo, seguindo leis já mapeadas”.

Mas a borduna se volta, mesmo é para a física quântica que, “através de extrapolações indevidas de descobertas de cientistas como Einstein, Heisenberg, Schrödinger, Planck e outros, ganhou a fama de ser o ramo científico onde “tudo pode”. Estar em dois lugares ao mesmo tempo, ser e não ser, teletransporte, telepatia, o mundo como um sonho, o nada que é tudo, enfim, uma espécie de “liberou geral” da ciência, contrário à física newtoniana, e que certamente não seria autorizado pelos físicos quânticos, os quais eram sérios”.

E aí, a grande constatação: Por que o interesse da esquerda na física quântica?

E explica: “Porque “harmoniza” com o uso de drogas, com a ideia de que o indivíduo é uma ilusão, criando uma justificativa racional para a irresponsabilidade e o ateísmo. Ambos os resultados bem úteis e “capitalizados” pelo movimento revolucionário”.

A Complicação como Método Ideológico

Por Lucas de Moura Lima

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

A mesa ao lado pergunta: por que os pais dos alunos não reformam os colégios públicos do RS?

Hoje, ao meio-dia, a mesa de direitistas do Tuim estava impossível. Primeiro. o quarteto afirmou que Temer estaria sendo boicotado pela mídia (?). Depois, decidiram que os pais dos alunos deveriam reformar as salas destroçadas dos colégios públicos gaúchos. Não chega a ser um absurdo, mas ninguém considerou que tais pais — da parcela mais pobre da população — têm enooooooorme tempo livre e, cada um deles, complicadas lutas de subsistência pela frente. Ah, ninguém explicou se o estado daria o material para as reformas… Possivelmente não, pois um deles, absolutamente encantado com a ideia, falou em colocar uma placa na entrada com o nome de todos os pais que reconstruíram o colégio. Também não falaram na segurança e na garantia de um serviço que não seria o mais profissional do planeta.

E depois querem que a gente volte do almoço tranquilo e bem humorado. Pergunto, pode-se dizer que isso seja um descanso? Melhor mergulhar numa leitura qualquer e esquecer do mundo ao redor. Ele pode ser horrível.

Abaixo, fotos de Carlos Latuff tiradas hoje pela manhã no Colégio Paula Soares, em pleno centro de Porto Alegre. Imagina como estão as da periferia.

Paula Soares 1

Paula Soares 2

Paula Soares 4

Paula Soares 3

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Antecipamos a foto oficial do presidente Temer

Lasciate ogni speranza voi che entrate.

“Deixai qualquer esperança, vós que entrais”. Este famoso verso se encontra na porta de entrada para o Inferno, a primeira parte de A Divina Comédia, de Dante.

temer não

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Cunha caiu no dia do aniversário de Marx

Nada a ver, mas é um fato gracioso. Daqui dois anos, Marx completa 200 de nascimento e seus frutos vermelhos… Bem, complete a frase como quiser.

(Ainda é cedo e já temos Cunha e Corinthians fora! E o dia vai terminar com a eliminação do Grêmio!)

Karl Marx

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Um poema presciente de Michel Temer… Talvez Dilma devesse ter lido o livro do vice

Embarque
(retirado do livro de poemas de Michel Temer)

Embarquei na tua nau
Sem rumo. Eu e tu.
Tu, porque não sabias
Para onde querias ir.
Eu, porque já tomei muitos rumos
Sem chegar a lugar nenhum

anônima intimidade michel temer

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Pelo fim da doutrinação marxista nas escolas e universidades!

Li a excelente entrevista do professor Rodrigo Ghiringhelli de Azevedo e um post ainda melhor de Tarita Almirão, autora da ideia original publicada no Facebook. Decorrente destas edificantes leituras, senti uma imensa pressão interna de deitar em meu blog o depoimento que segue:

Eu acho repulsiva a doutrinação marxista a que fui submetido desde a mais tenra infância. Quero dizer a vocês que nunca acreditei em Marx, mas, no colégio, antes de começar a aula, tinha que repetir diariamente o Manifesto Comunista. Afinal, eles diziam ser algo natural, cultural e universal. Morria de medo de falar que não acreditava em Marx, porque me olhavam com pena e começavam a citar todas as suas obras. Com certa agressividade e a maior incompreensão, tentavam me convencer de meu erro e da existência de Marx. Em datas festivas — dessas do tipo Nascimento de Marx, Morte de Marx — sou obrigado a ficar quietinho ouvindo as pessoas repetirem a importância da revolução em nossas vidas. Ainda hoje marxistas batem a minha porta em pleno domingo para me falar da mais valia. É uma legião de barbudos insistentes. E o pior é quando ligo a TV e vejo marxistas pregando e gritando coisas de Marx e Hegel. E eles se dividem em várias facções, uma mais presente do que a outra, mas sempre tendo Marx e o Manifesto como base. Uns são bolivarianos, outros comunistas, socialistas, trotskistas, anarquistas, stalinistas, anarco-comunistas, o escambau. Todos os dias são fundados novos templos com nomes cada vez mais estranhos: há o Maoísta Universal do Reino de Marx, a Assembleia de Marx (de orientação guevarista), a Igreja Mundial do Poder de Marx (trotskista, que prega a Revolução Permanente), além da Igreja Internacional de Marx (que apresenta todas as noites o Show de Chávez, de orientação castrista), da Igreja Renascer em Marx (de orientação bakunista ou darwinista, quando aplica a seleção natural stalinista), assim como outras com nomes mais estranhos como Bola de Neve Stalinista, (vagamente bolivarista, promete levar o mundo de roldão em sua pregação do Manifesto). Mas, mesmo pressionado, gostaria que minha orientação liberal fosse respeitada. Sei que, neste mar de marxismo, meu pedido não será atendido nem pelos militantes, nem por Marx — o qual costuma silenciar sistematicamente — , mas sigo em minha luta para fazer valer minhas inclinações.

doutrinação marxista

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Essa coisa de pagar impostos não é pra nós

Mossack

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Dilma cancela Tapajós e promete zerar emissão

Em tentativa de deixar um legado positivo, presidente baixará o maior pacote ambiental da história deste país, que inclui neutralidade de carbono em 2035 e fim da exploração do pré-sal

Do Observatório do Clima

dilma-rousseff-laguna

A presidente Dilma Rousseff baixará nesta sexta-feira o maior conjunto de medidas de proteção ambiental e de geração de empregos verdes da história do Brasil. O pacote, ao qual o OC teve acesso, inclui o cancelamento dos polêmicos projetos hidrelétricos do rio Tapajós e a adoção da meta de zerar as emissões de gases-estufa do país até 2035. Também será proposto um ambicioso plano de recuperação da Petrobras, com o fechamento de todas as operações de óleo e gás e investimentos em biocombustíveis e tecnologias limpas.

Com as medidas, Dilma visa recuperar a popularidade e, ao mesmo tempo, obter votos da numerosa bancada ambientalista para tentar barrar o impeachment. Mesmo que a cartada política falhe, auxiliares da presidente dizem que ela quer deixar “um legado positivo”. “A presidenta quer ser lembrada pelos brasileiros por algo além de inflação, recessão, crise política e violações de direitos de povos indígenas”, afirmou, em off, o ex-ministro Gilberto Carvalho.

Na noite de quinta-feira, Dilma convocou ministros no Palácio da Alvorada para explicar o pacote ambiental. As medidas serão anunciadas ao mundo no dia 22 deste mês na ONU, quando Dilma assinará o Acordo de Paris em Nova York. “Eu não iria deixar o Obama faturar isso sozinho”, afirmou a presidente, segundo participantes da reunião.

“A verdade é que o projeto desenvolvimentista baseado em grandes obras, latifúndio e combustíveis fósseis quebrou o Brasil, concentrou renda e ampliou a corrupção a níveis jamais vistos na história deste país”, afirmou a presidente ao seu gabinete. “Isso sim, foi um golpe. Um golpe no quê? No futuro da nação”, prosseguiu.

A primeira medida do pacote será uma portaria do Ministério de Minas e Energia cancelando o leilão de energia das hidrelétricas do Tapajós, seguida de um decreto determinando uma moratória a grandes projetos hidrelétricos na Amazônia por 30 anos. Outro decreto atualizará o Plano Decenal de Energia, estabelecendo a meta de 100% de energias renováveis não-hidrelétricas até 2024.

“Num país em crescimento negativo do PIB, como é o nosso país no momento, a demanda de carga na base não será tão grande quanto imaginávamos. Não faz sentido econômico investirmos dezenas de bilhões de reais em usinas numa região altamente sensível, usinas essas que além de tudo correm o risco de ter seu fator de capacidade reduzido em até 50% por causa das mudanças climáticas”, disse a presidente, de Powerpoint em riste – sendo lembrada por Nelson Barbosa, por meio de um bilhete, que não há “bilhões de reais” para investir, mesmo. “Vamos estocar vento das eólicas nos reservatórios que existem hoje e eliminar a burocracia que trava a geração solar distribuída”, pontificou. Em seguida, cochichou a Izabella Teixeira: “Quero ver esses partidos fazerem caixa dois com microgeração.”

Outro decreto determinará o fim da exploração de petróleo pela Petrobras, que deverá mudar de nome e se dedicar a biocombustíveis e tecnologias limpas. “Gente, o petróleo é uma coisa tão século XX!”, exaltou-se. “Milhões de homens e mulheres sapiens hoje têm empregos de qualidade no setor de energia limpa, enquanto nós perdemos empregos no setor de óleo e gás. Não conseguiremos recuperar a maior empresa do Brasil dobrando a aposta num produto fadado a desaparecer do mercado”, disse a presidente. “Já mandei o Lula pedir desculpas em público pelo pré-sal assim que o Gilmar deixar ele assumir a Casa Civil.”

No setor de uso da terra, Dilma prepara uma Medida Provisória estabelecendo o desmatamento zero em todos os biomas até 2025. Para cumprir a medida, será criado o maior mosaico de unidades de conservação terrestres do mundo, no cerrado. A presidente também criará por decreto uma força-tarefa para concluir a demarcação e a homologação de todas as terras indígenas. “Preciso fazer isso antes que o Jucá assuma o Ministério da Justiça no governo Temer”, afirmou a presidente. Em outra frente, uma portaria autorizará o ministro da Casa Civil, quem quer que ele seja, a destravar a reforma agrária. Enquanto discursava, escreveu um bilhete a Jacques Wagner: “Se Kátia chiar, mandar devolver presente casamento”.

O pacote revolucionário de estímulo à economia verde será incorporado à INDC do Brasil, o plano climático elaborado para o Acordo de Paris. A INDC será revista para uma meta absoluta de 400 milhões de toneladas de CO2 como limite máximo de emissão em 2025 e de emissão líquida zero em 2035, de forma a tornar o Brasil a primeira grande economia com uma meta realmente compatível com a limitação do aquecimento global a menos de 2oC neste século. Dilma não se conteve ao anunciar os números e falou, entre os dentes: “Tome isto, Observatório do Clima!”

Este artigo é falso da primeira à última linha. Porém, os benefícios para o país e o planeta de um plano ambicioso de economia sustentável são bem reais.

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Imagens exclusivas do desembarque do PMDB

ratos

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!