Porque hoje é sábado, 10 fotos de Brooke LaBrie + algumas de outros, com poema de Benedetti

Piernas, de Mario Benedetti

brooke-labrie-01

Las piernas de la amada son fraternas

brooke-labrie-02

cuando se abren buscando el infinito

brooke-labrie-03

y apelan al futuro como un rito

brooke-labrie-04

que las hace más dulces y más tiernas.

brooke-labrie-05

Pero también las piernas son cavernas

brooke-labrie-06

donde el eco se funde con el grito

brooke-labrie-07

y cumplen con el viejo requisito

brooke-labrie-08

de buscar el amparo de otras piernas.

brooke-labrie-09

Si se separan, como bienvenida,
Continuar lendo

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado, Britney Nola

Quando não faço o PHES por preguiça, até aceito que reclamem.

Mas quando não o faço por excesso de trabalho,

tenho vontade de matar meus sete fiéis voyeurs.

Nesta semana, apesar de ter trabalhado com um doido,

reservei um tempo para agradar os exigentes fãs de nossa seção sabatina.

Bem, vocês podem não acreditar, mas o que me seduziu em Britney Nola,…

… além do que está escarrado, foi sua cara de sono.

(Mulher com cara de sono é uma coisa legal, vai dizer que não?)

Não gosto muito do hálito defumado do cigarro, mas da cara sonolenta sim.

Certo, acima a cara dela está mais alerta,

britney_nola_10

… mas agora voltou a dormir. Interessante.

Não há muita coisa sobre ela na internet e nem sei direito

como chegou aqui. Sei que é norte-americana e que mede 1,75m.

Só isso. O que importa é que chegou inteira, não?

Porém, como dizia Alain-Fournier, autor do lindíssimo romance O Grande Meaulnes:

a aproximação é sempre mais bela que a chegada. Será mesmo?

Ah, uma foto que ficou de fora por erro meu…

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado, os candidatos à prefeitura

Ontem, li perfis de candidatos à prefeitura num notório jornal de Porto Alegre.

Consistiam em tentativas comoventes de jornalismo literário.

O candidato tal trabalha muito, mas não descuida da família,

(tudo em parágrafos soltinhos, como talharim bem preparado)

outro gosta de música, outro deixa seu filho a 400 Km, mas à distância de um Whatsapp,

outro gosta de animais domésticos, outro de sexo oral.

Outro é moço moderno,

rema, pula, dança, boxa.

marilyn-monroeE tem muito dinheiro no banco.

Nada de projetos, só bondades. Como as pessoas são chatas quando tão boas!

monica-bellucci1-1080x1920Eu peço aos céus ateus que me livrem da absoluta correção política,

dos Reinos de Bons Sentimentos e dos maus textos dos outros,

deixando-me só, com minhas porcarias e pensamentos incompletos.

Amém.

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado e deixamos passar em branco a Semana da Pátria

Nossa vida, no teu seio, mais amores

Gigante pela própria natureza

És belo, és forte, impávido colosso

Em teu seio, ó liberdade

Desafia o nosso peito a própria morte!

Verás que um filho teu não foge à luta

Nem teme, quem te adora, a própria morte

Brasil, de amor eterno seja símbolo

Ó Pátria amada, idolatrada, salve! salve!

Deitado eternamente em berço esplêndido

Ao som do mar e à luz do céu profundo

tumblr_obdyu3xwot1u0qzj2o1_1280

Ao som do mar e à luz do céu profundo (opa, de novo?)

Brilhou no céu da pátria nesse instante

Terra adorada (ou dourada, segundo Sartori), entre outras mil, És tu, Brasil, Ó Pátria amada!

Dos filhos deste solo és mãe gentil, Pátria amada, Brasil!

960_femme_mariee_blu-ray6x

Mas… e se ergues da justiça a clava forte? Hein?

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado, Alinne Moraes, nossa musa ateia

Há alguns meses, Alinne Moraes declarou seu ateísmo.

Coisa rara num país como o nosso

que, apesar de quase não matar por religião,

merece facilmente a pecha de fundamentalista, basta ver nosso Congresso.

Por outro lado, fazer o PHES com qualquer atriz brasileira é sempre complicado:

nossas atrizes não se imortalizarão por suas fotografias,

constrangedoramente inferiores às da mais reles atriz estadunidense

ou europeia.

(Deu um trabalhão encontrar estas, nossa!)

Mas, gente, o que interessa é a Alinne que é ateia.

Ela não saiu assim no mais declarando-se vassala de Satã…

Ela apenas comentou que, como atriz, ia fazer uma personagem

muito supersticiosa, “imagina, logo eu, que sou ateia”.

Lindo isso. Linda ela.

Linda ela cuja boca é escandalosa,

capaz de engolir crucifixos e convencer quaisquer padres. (Que nunca foram lá).

Linda ela que subiu no meu conceito (grande coisa…).

Linda ela cujos gestos não têm que dar sempre dividendos.

Linda ela à qual falta o encanto da fraqueza.

(Putz, como ela é demais…Mas o que é o raio dessa perna na foto acima?!).

Linda ela cujas fotos são satisfatórias.

Linda ela que, ao tornar-se famosa, não quer usar apenas o corpo.

Linda ela que é como a gente.

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado, Vanusa Spindler (vintage nacional)

Para Felipe Prestes, Igor Natusch e Pedro Palaoro.

Era o meio da tarde de ontem, quando alguém lembrou Vanusa Spindler na redação.

Meu pasmo foi considerável, porque trabalho com pessoas sub-30, sendo que …

… a famosa Playboy vanusiana é de 1989 e a Sexy é de 1994.

É realmente notável a cultura daqueles jovens. Pensei que só pessoas da minha idade, …

… ou pouco menos, como o Rafael Galvão, a conhecessem. (Cliquem aqui, CLIQUEM).

Pensei que Vanusa fosse um fenômeno desconhecido para aqueles meninos.

Meu pasmo foi ainda maior quando um deles disse as seguintes palavras:

Isadora Ribeiro e Magda Cotrofe, ô dupla de ataque que castigou minha pré-adolescência.

Lembro que uma namorada abriu minha Playboy vanusiana e mediu a moça, …

… detalhadamente, de cabo a rabo. O veredito foi: “Gorda!”.

Naquela época eu ainda não tinha perdido o pudor, …

… então, olhei para Vanusa, fiz um ar científico e confirmei: “gordinha”.

A hipocrisia e a mentira são estatutos fundamentais em algumas relações.

Agora, preocupa-me esses jovens. Ouvem Led Zeppelin, Beatles, Stones, …

The Who, Pink Floyd… Não têm nem símbolos sexuais próprios! Querem não apenas …

… ouvir nossas músicas como sonham comer nossas fantasias!

Para o próximo PHES, será que consigo fotos de …

… Rose di Primo?

.oOo.

(Prezados usuários desta seção: Se vocês tiverem fotos da Rose, por favor, cedam).

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado, Juliette Binoche e Marcos Caiado

Sobre (ou melhor, sob) um poema de Marcos Caiado

Juliette Binoche 13

Que eu te ame,

Juliette Binoche

com a paciência e a destreza

Juliette Binoche 02

de um velho oriental

Juliette Binoche 03

a compor seu origami.

Juliette Binoche 04

Que eu te ame,

Juliette Binoche 05

pacífico e pleno

Juliette Binoche 06

como o caminhar

Juliette Binoche 07

de um índio Ianomâmi.

Juliette Binoche 08

Que eu te ame,

Juliette Binoche 09

como um poeta homem:

Juliette Binoche 12

que mais prefere ser Pessoa,

Juliette Binoche 11

do que sobrenome.

Juliette-Binoche-Feet-760045

(Poema reproduzido sem permissão do autor…)

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado, Uma Thurman

(post atualizado com novas fotos e texto)

Wiggle your big toe…

Uma-Thurman_102Quando ela disse estas desesperadas palavras,

o mundo viu que Uma Thurman não tinha os pés mais lindos do mundo.

Wiggle your big toe... Uma ThurmanUma mulher, sentada atrás de mim no cinema, assustou-se ou fingiu-se assustada

uma-thurman01com os pés de Uma. Apontou-os ao namorado, como se ele não os tivesse visto.

Não sou um desses caras tarados por pés.

pulp-fiction-uma-thurman-foot-fetishAcho até legais alguns delicados e sujinhos, mas confesso-me fora da podolatria.

Uma-Thurman-wallpaper-1Não dava muita bola para Uma Thurman até vê-la como Vênus

027-the-adventures-of-baron-munchausen-theredlistnas Aventuras do Barão de Munchausen. Estava belíssima!

14868510_T1SeqDepois, em Pulp Fiction, ela me apareceu com uma cara inacreditável de Anna Karina

PULP FICTION UMA THURMANe desde então sua presença faz-me ir ao cinema.

Foi casada com Gary Oldman e Ethan Hawke,

kill_bill_uma-thurmanmas quem sempre a compreendeu é seu atual namorado, Quentin Tarantino.

UmaEla fez uma dança antológica com John Travolta em Pulp Fiction

apareceu forte e poderosa em Kill Bill, mostrando a nós como se maneja uma espada.

Nascida em Boston em 1970, Uma mede 1,83m, número bastante alto para o

uma_thurman2tamanho médio deste escriba. Fazer o quê?

Seus irmãos chamam-se Ganden, Dechen, Mipam e Taya.

Um horror. Ela teve até sorte de ser apenas uma Uma Karuna.

Uma_Thurman_73Espero que volte aos filmes de Tarantino.

14867995_bTtU5É quando aparece melhor. Mas também esteve ab-so-lu-ta-men-te brilhante

Uma+Thurman+Nymphomaniac+von_trierem Ninfomaníaca, de Lars von Trier,

Uma_Thurman_49diretor que seria um clássico genial se tivesse nascido antes de nosso tempo,

tão emburrecido pela TV.

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado, Burcas, Pink Floyd e reflexos

Uma lembrancinha incompreensível de um encontro.

burka21Uma foto absurda.

Veiled women, with their children, enjoy the warm weather on a beach at the port city of Sidon in southern LebanonMas os homens podem.

large_DSCN5246Hum… assim é melhor.

sexy-Burka-CostumeOu talvez assim…

burcaNum dia de plantão chatíssimo, onde tudo são Olimpíadas,

pink floydvou olhando fotos aleatórias,

random-37enquanto busco notícias.

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado, Sylvia Kristel

Meus sete leitores talvez fiquem escandalizados

mas não sou um apologista do pornô chique, gênero preferencial de Sylvia Kristel.

Também não que gosto do pornô ginecológico, nem de ver bate-estacas vagino-penianos.

Na verdade, prefiro uma foto como a acima

que faz funcionar a imaginação e aquelas coisas que os meninos sentem (ou eu sinto).

Mas entendo toda a babação por Sylvia Kristel: era uma libertária.

Num gênero onde o que mais interessa é o corpo

ela sempre foi um corpo e um rosto (e bunda também)

(e pernas)

(e mamilos)

(e elegância).

Mas tenho que contar uma coisa para vocês: desde a data da morte de Sylvia,

umas 15 pessoas, homens e mulheres, me pautaram: queriam a holandesa.

Uma amiga acadêmica, dessas cheias de PhDs

acaba de entrar no Facebook para me escrever a seguinte mensagem no chat, vejam só:

eu tenho um carinho especial por ela, tinha uns 8 anos e enganei meus pais para ver 

um filme com ela, anunciado na TV para a madrugada.

Eles não queriam que eu visse, desligaram a TV durante o anúncio do filme, não o deixaram terminar,

aí esperei todo mundo dormir e fui ver.

Foi meu primeiro filme erótico, escondida, no escuro e sem som, rsrsrs …

É esse tipo de coisa que faz dela um ícone. Foi um grande símbolo da libertinagem.

Sylvia Kristel (1952-2012): Essa coisa de RIP é uma besteira. Ela não está descansando. Mas digo que gostava dela e que fico com algumas boas lembranças.

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado, a fraternidade

Um amigo me mandou o e-mail abaixo a fim de ratificar o bom funcionamento da fraternidade masculina. Retirei os trechos mais explícitos em razão deste espaço ser “o blog da família gaúcha”, mas recebi o texto com instruções de torná-lo um PHES. Então tá. Ocorre que um amigo deste amigo que me mandou o e-mail fez de tudo para reaproximá-lo das moças após uma separação. Não preciso nem dizer que todos os nomes foram BEM ALTERADOS. Nem que ele está saindo há tempos com ela — o texto explicará melhor. Note como o amigo é bem tratado e o marido, bem, o marido não recebeu a fraternidade de ninguém.

Resolvi publicar porque a leitura do e-mail me fez lembrar a canção Deixe a menina, de Chico Buarque:

(…)

E se vai continuar enrustido
Com essa cara de marido
A moça é capaz de se aborrecer

Por trás de um homem triste há sempre uma mulher feliz
E atrás dessa mulher mil homens, sempre tão gentis
Por isso para o seu bem
Ou tire ela da cabeça ou mereça a moça que você tem

(…)

“Armando, caríssimo.

Sobre a mensagem anterior, referente à Débora Galvão, quero te posicionar melhor.

Ela foi minha aluna, na UFRGS. Ela é demais, tem cerca de 35 anos, é casada — mas o casamento não vai bem.

Está muito carente com seu marido calhordão. Conheço ele. Outro acadêmico. Ou seja…

Eu posso te ajudar de forma muito indireta porque é ex-aluna.

Mas ela é o máximo!!

No mínimo, pode ser uma boa amiga para ti. Gosta das mesmas coisa que tu gostas.

Trabalha no Banrisul, mas está se preparando para montar o próprio negócio.

Ela está pensando em abrir uma franquia.

Desconfio que esteja nas redes sociais, mas não perguntei. Se estiver, terá fotos…

Vou mandar um e-mail para ela falar contigo sobre interesses comuns a vcs.

Deixa comigo. Te mando cópia oculta.

Abração.”

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado, Marion Cotillard

Acho que temos uma maioria francesa no PHES, não?

'Blood Ties' Photocall - The 66th Annual Cannes Film FestivalNascida em 30 de setembro de 1975, em Paris,

Marion Cotillard é mais uma para o time.

Ela não é apenas lindíssima, é uma atriz de primeira linha que já fez até Piaf, imaginem.

Uma pena ela ter embarcado naquele último e lastimável Macbeth,

de tão má memória. Melhor lembrar de

A OrigemFerrugem e Osso, Dois Dias, Uma Noite, Peixe Grande… Continuar lendo

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado, mulheres lendo (Vol. 3)

Neste blog de sete leitores, já tivemos dois PHES de mulheres lendo.

Mulheres_Lendo_01

Este e este.

Mulheres_Lendo_02

Não somos monotemáticos, mas temos o vício da provocação.

Mulheres_Lendo_03

E, em comentários lidos por aí, alguns leitores de mentes simples

Mulheres_Lendo_04

sugeriram que uma mulher lendo não ficaria mais bonita,

Mulheres_Lendo_05

antes ficaria mais culta, preparada, pronta para a luta.

Mulheres_Lendo_08

(Como se uma coisa evitasse a outra, como se a mulher mais cultivada não fosse a mais atraente).

Processed with VSCOcam with t1 preset

E, se Werther morreu por ver Carlota, dando pão com manteiga às criancinhas,

Mulheres_Lendo_11

se achou-a assim tão mais bela…

Mulheres_Lendo_12

Que problema haveria em achar mais bonita uma mulher quando lê? Continuar lendo

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado, mulheres lendo

O PHES de hoje foi escrito, escolhido e dirigido pelas consoantes do escritor gaúcho Gustavo Melo Czekster, que também pilota o blog O Homem Despedaçado. Os textos de Gustavo — Mestre em Literatura Comparada e advogado — são deliciosos, verdadeiramente invejáveis, mas o que provoca meus ciúmes é a notável capacidade que ele tem de sair sempre sorrindo nas fotos. É um sorriso despudoradamente feliz, como se ele estivesse indo ou recém vindo do Nirvana. Bá, como é difícil para mim fazer isso sem que transpareça meu desejo de matar o fotógrafo. Gustavo é autor de um livro que tem o mesmo nome de seu blog e acaba de finalizar seu segundo, Não há amanhã, que sairá pela Zouk. 

.oOo.

Existe algo de especial quando você me olha.

Foto 01

Você poderia escolher entre dezenas de outros,

Foto 02

Mas eu fui o sortudo.

Foto 03

Às vezes você vai se perder comigo em alguma rua,

Foto 04

Irá me levar para as promessas que moram na cama,

Foto 05

Ou talvez nos enrodilharemos no sofá como dois gatos velhos.

Foto 06

Talvez a gente se esqueça do mundo na cozinha,

Foto 07

Talvez você me convide para tomar um café e seus olhos se tornem sonhadores, Continuar lendo

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado, Brooklyn Decker

Não, não era esta aqui.

Mas o fato é que, em outubro de 2011, época deste post,

vi a mulher mais bonita de Porto Alegre. Ela não era loira como Brooklyn Decker.

Era morena e estava no restaurante Japesca da Siqueira Campos.

Sim, exato, na temakeria.

Estava acompanhada de um sujeito que parecia ser seu pai.

Postura de pai, jeito de pai, humor de pai, distância de pai.

Eu acho.

Não, tenho certeza. Eram parecidos.

Conversavam pouco e ele não olhava muito para ela.

Claro que eu também não. Continuar lendo

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado, cientistas russas

Um amigo meu, brasiliense e um dos sete admiradores deste prestigiado espaço,

Anastasia Georgievskaya á a primeira da fila de biólogas a seguir.

Anastasia Georgievskaya é a primeira da fila de biólogas que teremos abaixo.

comentou, abismado, sobre a beleza das cientistas russas. Me encheu de links.

Evgenia Schastnaya tem cabelos longos até os joelhos e é bióloga

Evgenia Schastnaya tem cabelos longos até os joelhos e é bióloga.

Conheço bem a encanto daquelas etnias.

Elena Kuznetsova ensina os computadores a "verem"

Elena Kuznetsova é uma engenheira de sistemas que ensina os computadores a “verem”.

Os tártaros deixaram por lá seus olhos

Maria Konovalenko é uma geneticista que estuda o envelhecimento humano

Maria Konovalenko é uma geneticista que estuda o envelhecimento humano.

e os rituais pagãos, com suas liberdades,

Polina Mamoshina estuda o envelhecimento da pele

Polina Mamoshina estuda o envelhecimento da pele.

fizeram o resto. Continuar lendo

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado, fotos raras de Marilyn Monroe

Não conheço um ser humano

Marilyn Monroe (7)

que tivesse mais intimidade com as câmeras — fotográficas ou não —

Marilyn Monroe (48)

do que Marilyn Monroe.

Marilyn Monroe (47)

Há milhares de fotos suas,

Marilyn Monroe (45)

quase todas lindas.

Marilyn Monroe (44)

Um de seus maridos,

Marilyn Monroe (43)

o grande dramaturgo e romancista Arthur Miller,

Marilyn Monroe (42)

dizia que ela era

Marilyn Monroe (41)

“a mulher triste que deixava os outros felizes”. Verdade.

Marilyn Monroe (33)

Seu caso com John Kennedy,

Marilyn Monroe (40)

levado por ela com notável ingenuidade,

Marilyn Monroe (39)

deve ter sido o principal motivo de sua morte.
Continuar lendo

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado, Brigitte Bardot e Jane Birkin

Pensava que este blog tivesse um PHES…

… dedicado a Brigitte Bardot (1934). Engano.

Em uma dessas conversões atrapalhadas, várias fotos sumiram.

E, dentre elas, todas as do PHES de Bardot.

Ela foi a musa preferencial de meu pai, …

… fato quase inevitável para a geração dele.

OK, perdi.

Fazer o quê?

Continuar lendo

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado, Adam Cooper

Texto e escolha de fotos de Nani Dantas

Introdução (pelo autor do blog)

Já tivemos alguns PHES fora do padrão. Tivemos um de justa indignação, tivemos a sapiossexualidade com fotos de homens escolhidas por uma mulher, tivemos um PHES feito por outra mulher cujo foco eram filósofos, já tivemos um com fotos de mulheres escrito por uma mulher, e depois tivemos outro, já tivemos a eleição do homem (e da mulher) mais belo de todos os tempos, já corri na rua e dois homens de mãos dadas reclamaram rindo e aos gritos que o PHES tinha que se dedicar àquilo que eles gostavam. Também já abrimos espaço para vários héteros homenagearem quem achavam que era digna de ser homenageada — sim, no feminino, fazer o quê?

Hoje temos mais um PHES fora da curva. Não sei como começamos a negociar, mas creio que ocorreu a típica reclamação de que havia muita mulher no PHES e que eu deveria fazer também com homens. Neste caso, respondo sempre: faça um e eu publicarei! A paulista com os dois pés em Minas Nani Dantas topou. De forma modesta, esta minha amiga do Face pediu para ser descrita simplesmente como uma futura publicitária e curiosa.

Adam_Cooper_01São poucos os segundos em que Adam Cooper aparece em Billy Elliot, o filme de Stephen Daldry, que narra a história do menino de 11 anos e seu amor pela dança. A bela silhueta, esguia, as costas largas, a pele pálida, o olhar penetrante, a flexibilidade.

Adam_Cooper_02Então o salto em câmera lenta: o movimento dos pés, belo e preciso, o corpo pairando no ar. O êxtase, o arrepio, a emoção.

Adam_Cooper_03Pouco, mas o suficiente para hipnotizar e aguçar a curiosidade de quem o assiste. Billy Elliot quase poderia ser a história de Cooper, a não ser pelo fato de que os pais de Cooper, apaixonados pela arte, jamais se opuseram ao seu amor e talento para a dança.

Adam_Cooper_04Filho de um professor e uma pianista, começou a dançar pela sala aos 4 anos, depois de ver Fred Astaire na televisão. Aos 7 iniciou-se no ballet e, aos 16, ingressou no Royal Ballet School, um dos maiores centros de treinamento de ballet clássico no mundo.

Adam_Cooper_05Sem dúvida um grande feito para um menino nos anos 1980, assim como para o garoto do filme. Adam viajou o mundo todo com a Royal Company dançando em espetáculos aclamados.

Adam_Cooper_06Tornou-se “sex symbol” na dança, embora sempre tenha renegado o “título”. Para ele, a dança é sua energia vital. Ele a respira e transpira.

Adam_Cooper_07Depois de mais de 10 anos, Adam decidiu largar a Royal Ballet e dedicar-se a dança com mais liberdade. Tornou-se coreógrafo e hoje, aos quase 45 anos, continua dançando e coreografando.

Adam_Cooper_08O mundo é machista, é preconceituoso, e quem não sabe?

Matthew Bourne's SWAN LAKE. 15-12-2009Mas o que seria da arte sem os destemidos, os rebeldes, os “desajustados”? O que acontece então em um mundo em que Adam Cooper e Matthew Bourne – um dos maiores coreógrafos e diretores musicais ingleses – se encontram?

Adam_Cooper_10O Lago dos Cisnes interpretado totalmente por homens. Bourne e Cooper trabalharam muito na construção de uma versão radical do mais clássico de todos os ballets. Um espetáculo impecável.

Adam_Cooper_11Nele não há uma princesa frágil, submissa ou passiva. No papel de Odette há um bailarino forte, esbelto, realizando movimentos ágeis, vigorosos, com olhar penetrante e postura sempre indicando insubordinação.

Adam_Cooper_12Os movimentos ora delicados e suaves, ora quase selvagens e enérgicos, as expressões faciais e os olhares sempre desafiadores, subvertem não apenas o conceito convencional dos papéis masculino e feminino no ballet:

Adam_Cooper_13é também uma recusa a obedecer às normas tradicionais e conservadoras da sociedade.

Adam_Cooper_14A obra traz à luz questões como o machismo, o preconceito de gênero e a estereotipia.

Adam_Cooper_15Parafraseando Jack Kerouac, na arte jazem aqueles que a sociedade, na maioria dos casos, marginaliza. São os sem padrão, os loucos, os rebeldes, os que não se encaixam. E são gênios porque são revolucionários. Porque a arte é uma das formas mais autênticas de revolução.

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!

Porque hoje é sábado, Nico e Sara Forestier

Nico foi o anagrama criado por Andy Warhol a partir de Icon,

mas na vida civil ela era a modelo alemã Christa Päffgen.

Warhol era o empresário do grupo e impôs sua presença.

Os músicos a chamavam de tone deaf ou “surda tonal”.

Ouvindo o disco, onde ela participa discretamente,

a gente dá razão aos músicos.

Lou Reed devia amar vê-la e detestar ouvi-la.

Apesar disso, o resultado foi uma das maiores obras-primas do rock: The Velvet Underground & Nico.

Era uma, digamos, sortuda, pois já tivera participado de outra obra-prima, La Dolce Vita, de Fellini:

.oOo.

E aqui nós mudamos nossa programação pelo fato de termos visto hoje a excelente comédia política francesa, Os nomes do amor (Le nom des gens), de Michel Leclerc. Lá, está atuando maravilhosamente uma francesinha que desconhecia, Sara Forestier.

Ativista de esquerda, a jovem que Sara encarna possui interessantes atributos físicos e,

para convencer qualquer direitista a mudar de lado, não pensa duas vezes em levá-lo

para a cama. Nascida em 1986, Sara arrasa com sua irresistível beleza.

Mas quando fui ler o que meu guru Merten disse sobre o filme e Sara,

não pude deixar de rir. Abramos aspas para o mestre:

Fiquei louco pela Sara. No filme de Michel Leclerc, ‘Les Nom des Gens’,

ela faz um mulherão de comportamento libertário, que trepa com fascistas convencida

de que, na cama, vai convertê-los. Ah, a mentira do cinema.

Na tela é morena, voluptuosa. Ah, a mentira do cinema. Agora, aqui em Paris,

surgiu aquela loira pequeninha, de óculos”.

Hahahahaha, mas que tremenda atriz, Merten, que tremenda mulher!

P.S.: Depois o mestre completa: “Fiquei besta — gauchismo para pasmo — com a erudição de Sara ao falar sobre cinema”. Claro, meu velho, nada ou muito pouco é casual nesta área. Ela é um monstro.

Gostou deste texto? Então ajude a divulgar!