Porque hoje é sábado, Sara Malakul Lane

Seleção de fotos: Cristóvão Crochemore Restrepo

sarah

Uma norte-americana chamada Sara Malakul Lane…. Malakul? De onde saiu isso?

sarah

Ah, sim, de uma mãe tailandesa e de um pai inglês. Mas hoje vou falar sobre o tema

sarah

mais importante do dia: falarei, um tanto misteriosamente, sobre o chá.

sarah

E, para tanto, solicitarei auxílio a Haroldo de Campos — À Maneira Provençal:

sara-malakul-lane-10

carmen castelã domina
estas torres de palavras
que eu construo como quem
junta limalhas de ferro
fazendo da língua imã

sarah

amor vendado de ouro
com dedos de purpurina
traça no ar o desenho
de som de sentido e sina

sarah

carmen castelã domina
estas torres de linguagem
imagem de mãe e filha
rosto de amante e menina
senhal miragem poesia

sarah

e o tempo de chá e Proust
se dissolve qual neblina
volta a manhã volta a noite
o escuro se faz matina

sarah

e é tudo como se fosse
a mesma matéria-prima
de vida revisitada
de instante que não termina:
carmen castelã domina

sarah

o tempo reprimavera
na trama da luz mais fina
neste castelo de ar
carmen castelã domina
feto de ser e de tempo
que o imã da língua junta
qual limalha de platina

sarah

amor vendado e vidente
aos pés do castelo assina
seu mistério e grava o nome
com selo de turmalina

sarah

diz camões que o amador
na coisa amada se ultima
horácio diz: carpe diem
curte o tempo: flor que fina

sarah

mas aqui o tempo tira
da garganta a mão mofina
s’insempra – Dante diria
se enamora: repristina

sarah

amor dessela o mistério
que tem seu nome por cima:

sarah

“amor mais forte que a morte”
diz a pedra turmalina

sara-malakul-lane

neste castelo de torres
carmen castelã domina

sml1

E, agora, troquem carmem por Elena.

Sara-Malakul-Lane_11

Espero, meu amor, que não fiques sem chá nem Proust.

Porque hoje é sábado, Marina Emanuela Saia

Seleção de fotos: Cristóvão Crochemore Restrepo

17407002_nBzzt

Pois nesta semana o Latuff me aparece aqui no Sul21 falando em pogonofilia,

ass174-Marina-Emanuela-Saia

que é o fetiche de mulheres — e também de homens, por que não? — por barba.

Marina-Emanuela-Saia-3

Por curiosidade, fui pesquisar outras parafilias, palavra que caracteriza os padrões

Marina Emanuela Saia

de comportamento sexual, no qual a fonte predominante de prazer não é a cópula,

Marina-Emanuela-Saia-9

mas alguma outra atividade.

Marina-Emanuela-Saia-5

E céus, como é estranho o ser humano!

uv0vxh0byes4ybsx

Há coisas rotineiras como a agorafilia,

marina_emanuela_saia_backstage_playboy11

que é a atração por copular em lugares abertos ou ao ar livre.

Saia-Playboy-2011-03u-02

Mas há também o fetiche por amarrar pedras ao pênis, a adstringopenispetrafilia.

Saia-Playboy-2011-03u-08

O brasileiro costuma sofrer de pigofilia, que é a excitação sexual por nádegas.

marina-saia-08

Tem gente que gosta da bondage, prática onde a excitação vem de amarrar o parceiro.

10703756_705736219505925_9189333888775962226_n

Há a terna quirofilia, excitação sexual por mãos.

10613095_694651547281059_8781012726412518801_n

E a urofilia, excitação ao urinar no parceiro ou receber dele o jato urinário.

10351307_683588471720700_8099481392668537480_n

Então, meus prezados sete leitores, a tara que o Latuff nos trouxe é bem tranquila,

marina saia

pois li coisas que só escreveria aqui se nosso blog não fosse o blog da família gaúcha.

marina_emanuela_saia_

Obs. 1: Aprenda mais neste link.
Obs. 2: Se alguém notar alguma relação entre o texto e as fotos, por favor avise.

Porque hoje é sábado, Eva Green

E então vemos esta mulher de delgada e interessante silhueta sob uma roupa leve…

eva green 00

…e não conseguimos acreditar na frase da foto abaixo.

Timidez? Olha até pode ser. Mas Eva Green não desaponta ninguém.

eva green 02

Ops!

Venus_de_Milo

Você fica desapontado ou desconcertado com ela?

eva green 9255321_njDvP

Mais para o desconcertado e atraído, não?

File created with CoreGraphics

Só para variar, ela é francesa, filha da atriz Marlène Jobert com um dentista sueco.

eva green 03

Na verdade, ela é loira e resolveu ser atriz ao ver Isabelle Adjani em A História de Adèle H., de François Truffaut, aos 14 anos. Então, pintou os cabelos como os de Isabelle.

eva green 04

Nos créditos de Os Sonhadores, de Bertolucci – uma grande estreia! –, ela figura…

Eva Green

…como co-autora do roteiro. E considera-se uma nerd, outro equívoco.

8911933_wZvCj

Seu filme favorito é Gritos e Sussurros, de Ingmar Bergman.

eva green 08

E é fã dos diretores François Truffaut, Ingmar Bergman, Lars von Trier e David Lynch.

Mas, apesar de seus gostos, atualmente costuma estrelar maus filmes americanos.

8911936_8b4JJ

Dão $, claro. O destino das novas estrelas europeias é fazer filmes com diretores…

Eva Green

…sem personalidade. Green, Eva Green, Bond girl.

eva green 09

Sabemos que um dia, se quiser ficar na história, voltará a fazer bons filmes.

eva green 05

Isto é necessário para que possamos — sem achar que estamos perdendo tempo –, …

eva green 06

… conviver com este verdadeiro sorvedouro de olhares.

eva-green-nude-in-the-dreamers-22

Né?

Post de fevereiro de 2008, totalmente recauchutado.

Porque hoje é sábado, duas lindas cantatrizes, Letícia Sabatella e Maria de Medeiros, mais Chico Buarque

Sim, tive preguiça de resumir o título. Vai grande assim mesmo. E é merecido, pois hoje trato de duas grandes mulheres: a brasileira Letícia Sabatella e a portuguesa Maria de Medeiros. São dois belos, queridos e talentosos rostos de mulheres que convivem em nossa trincheira política. E há mais coisas em comum entre elas: além de excelentes atrizes, elas cantam, como vocês poderão ver e ouvir abaixo. 

Leticia_Sabatella_01

O rosto de Letícia Sabatella é um poema colocado por engano na TV Globo.

Leticia_Sabatella_02

Shakespeare dizia que, às vezes, boas filhas apareciam em más familias e que cumpria

Leticia_Sabatella_03

corrigir a natureza. Referia-se a alguns plágios que cometera, mas eu aplico aqui.

Leticia_Sabatella_04

E a convido para o PHES. Imaginem que hoje ela possui um sítio em Nova Friburgo,

Leticia_Sabatella_05

onde planta alimentos orgânicos em regime de cooperativismo com os empregados.

Leticia_Sabatella_06

Ah, Letícia… Canta pra nós?

Já Maria de Medeiros é uma portuguesa que teve o bom gosto e a correção de nascer

Maria_de_Medeiros_01

num glorioso 19 de agosto, a verdadeira data máxima do humanismo universal.

Maria_de_Medeiros_02

Maria formou-se como atriz. Nunca terminou sua licenciatura em Filosofia, na Sorbonne.

Maria_de_Medeiros_03

Isto revela outro fato em comum com este blogueiro, outro especialista em deixar

Maria_de_Medeiros_04

cursos pela metade. Ela é filha do maestro e compositor português

Maria_de_Medeiros_05

António Victorino de Almeida. Ou seja, há música em sua vida. E chega de falar, né?

Maria_de_Medeiros_06

Canta Sentimental pros meus sete leitores, Maria?

Porque hoje é sábado, Uma Thurman

(post atualizado com novas fotos e texto)

Wiggle your big toe…

Uma-Thurman_102

Quando ela disse estas desesperadas palavras,

o mundo viu que Uma Thurman não tinha os pés mais lindos do mundo.

Wiggle your big toe... Uma Thurman

Uma mulher, sentada atrás de mim no cinema, assustou-se ou fingiu-se assustada

uma-thurman01

com os pés de Uma. Mostrou-os ao namorado, como se ele não os tivesse visto.

Não sou um desses caras tarados por pés.

pulp-fiction-uma-thurman-foot-fetish

Acho até legais alguns delicados e sujinhos, mas confesso-me fora da podolatria.

Uma-Thurman-wallpaper-1

Não dava muita bola para Uma Thurman até vê-la como Vênus

027-the-adventures-of-baron-munchausen-theredlist

nas Aventuras do Barão de Munchausen. Estava belíssima!

14868510_T1Seq

Depois, em Pulp Fiction, ela me apareceu com uma cara inacreditável de Anna Karina

PULP FICTION UMA THURMAN

e desde então sua presença faz-me ir ao cinema.

Foi casada com Gary Oldman e Ethan Hawke,

kill_bill_uma-thurman

mas quem sempre a compreendeu é seu atual namorado, Quentin Tarantino.

Uma

Ela fez uma dança antológica com John Travolta em Pulp Fiction

apareceu forte e poderosa em Kill Bill, mostrando a nós como se maneja uma espada.

Nascida em Boston em 1970, Uma mede 1,83m, número bastante alto para o

uma_thurman2

tamanho médio deste escriba. Fazer o quê?

Seus irmãos chamam-se Ganden, Dechen, Mipam e Taya.

Um horror. Ela teve até sorte de ser apenas uma Uma Karuna.

Uma_Thurman_73

Espero que volte aos filmes de Tarantino.

14867995_bTtU5

É quando aparece melhor. Mas também esteve ab-so-lu-ta-men-te brilhante

Uma+Thurman+Nymphomaniac+von_trier

em Ninfomaníaca, de Lars von Trier,

Uma_Thurman_49

diretor que seria um clássico genial se tivesse nascido antes de nosso tempo,

tão emburrecido pela TV.

Porque hoje é sábado, Sharon Tate

Hoje, 9 de agosto de 2014, faz 45 anos do assassinato de Sharon Tate.

Em 1969, eu tinha de onze para doze anos, havia alguns nomes de pessoas que eram tratadas com notável cuidado e que faziam muita gente abrir a boca de susto ou admiração. A primeira delas era indiscutivelmente Che Guevara. Devido ao “Tchê” eu pensava que se tratava de um gaúcho. Por influência de alguém — quem seria? –, nós gritávamos seu nome quando fazíamos gols, mas essa é outra história. Com maior liberdade circulava o nome de João Saldanha, o técnico comunista da seleção brasileira. Mas era inadequado admirá-lo demais. Porém, se eu quisesse que as mulheres pusessem as mãos na boca, dizendo “que barbaridade”, bastaria citar o nome de Sharon Tate.

Claro que eu demorei muito para saber que Sharon era uma bela mulher, na época esposa do diretor Roman Polanski, e que fora assassinada em agosto de 69 grávida de oito meses, num ritual ordenado por Charles Manson. Manson estava simplesmente iniciando uma guerra — denominada de Helter Skelter, como a música dos Beatles. Seria uma guerra entre negros e brancos, onde os brancos seriam exterminados. Ele acreditava que algum negro logo seria acusado dos assassinatos e os confrontos explodiriam com derrota final da raça branca. Ele e sua “família” (ele assim chamava seu grupo de lunáticos) eram brancos e planejavam esconder-se dentro de um poço no deserto para fugir da guerra. Era apenas mais um norte-americano doido varrido.

Ao procurar fotos de Sharon Tate, acabei vendo algumas imagens de seu assassinato. Não terei o mau gosto de mostrá-las aqui, mas posso compreender as caras assustadas de minha mãe e tias. Charles queria que os assassinatos fossem realizados com a maior crueldade e gratuidade possíveis — por isto, a escolha de Tate grávida, com parto previsto para dali a duas semanas –, com suas vítimas sendo espancadas, esfaqueadas e baleadas até a morte. Manson matou seis pessoas e, depois de preso, reafirmou seu ódio profundo pela humanidade.

Polanski salvou-se por estar trabalhando em Londres, mas três amigos de Sharon foram assassinados junto com ela. Ela era linda, com uma cara típica dos anos 60, de que foi símbolo.

.oOo.

A curta vida de Sharon Tate foi cheia de som, filmes, fotos e fúria.

Bem anos 60, aí está uma das fotos do rumoroso casamento da atriz…

…com o cineasta polonês Roman Polanski. Tudo começou em A Dança dos…

… Vampiros (1967), comédia de humor negro (mesmo!) do futuro maridinho.

Sharon nasceu em 1943 e, seis meses depois, vencia um concurso de beleza.

É, seus pais deviam ser uns chatos. Depois Sharon tornou-se isso aí.

Era linda, famosa e sua imagem tomava conta das revistas da época.

Sua atuação em O Vale das Bonecas ameaçava torná-la uma grande estrela…

…quando foi assassinada cruelmente pelo psicopata hippie Charles Manson,…

… preso até hoje na Califórnia. Para piorar, Sharon estava grávida de oito meses.

Como confirmou o psicanalista e blogueiro Cláudio Costa, o caso Sharon Tate…

… provocava associações de erotismo, nojo e medo em nossas tias.

Um assassinato desses era uma novidade. Nunca se divulgara algo deste gênero…

… em uma mídia recém planetária. Foi uma comoção, um ato repulsivo, inaceitável.

Para falar de Manson e mesmo de Sharon, baixávamos o tom de voz.

Era vergonhoso. As pessoas todas começavam a se verem refletidas na mídia.

Consequentemente, tapava-se pudicamente a boca.

Eram tempos em que crimes ainda nos chocavam.

-=-=-=-=-

Um dia, o Ramiro Conceição comentou aqui no blog:

Quando aconteceu o assassinato, eu era um tenro adolescente; contudo, lembro-me ainda do olhar esquizóide de Manson… Milton, aquele olhar ficou em mim! Muito mais tarde, compreendi que aquele olhar esquizóide, na realidade, era o verdadeiro olhar da América! Explicando ainda muito melhor: foi quando compreendi o bombardeio de Dresden, já com a Alemanha vencida; quando compreendi a tragédia de Hiroxima e Nagasaki; as guerras da Coréia e Vietnã; as intervenções militares na Guatemala, Cuba; o apoio logístico ao assassinado de Allende; o apoio ao golpe de 64, no Brasil; o fomento, em todas as partes do Mundo, de elites sanguinárias; a guerra no Iraque, Afeganistão etc., etc.: sempre, sempre, sempre aquele olhar esquizoide! Em poucas palavras: o olhar de Manson está na estátua da Liberdade; aliás, somente na América a Liberdade é rígida; na minha rua, a Liberdade é música!

Retornando ao mais horrível ‘Porque hoje é sábado’ de todos os tempos

Amigos.

No dia 3 de novembro de 2007, publiquei excepcionalmente um furibundo obituário em lugar do tradicional PHES. O motivo era simples: naquela semana tinha falecido no maior conforto um dos homens cuja existência mais me abalavam: Paul Tibbets.

Quando criança, lá pelos 8, 9 anos, perguntei a meu pai sobre o homem que fizera “aquilo em Hiroxima” ao final da Segunda Guerra. Não sobre quem ordenara — lá ia eu me preocupar com isso! –, eu queria saber sobre quem fizera. Parecia-me impossível alguém viver sabendo o efeito de sua ação. Não conhecia a palavra CULPA no sentido que hoje conheço, mas tinha ideia de que existiam atos impossíveis de se carregar por aí. Meu pai fez uma pesquisa para me responder e, dias depois, me disse: “Ele não se arrependeu”. Naquele dia, entendi um pouco menos o mundo.

Volto a este post porque esta semana morreu o último tripulante do avião que bombardeou Hiroshima: Theodore van Kirk. Suas declarações sobre a bomba e as guerras eram bem diferentes das de Tibbets: “Gostaria de ver as guerras e as armas definitivamente abolidas”.

Abaixo, minha homenagem de 2007 a Paul Tibbets.

.oOo.

Ontem morreu Paul Tibbets, resultado da cruza entre Enola Gay e Paul Warfield Tibbets.

Viveu 92 anos, foi feliz e parece não ter sofrido dores

Nem físicas, nem morais, nem as da fome ou do desprezo.

Deus, em sua insistente não existência, deixou-lhe dizer que

“Não se arrependeu de ter ‘deixado cair’” em Hiroxima,

a bomba de 6 de agosto de 1945, que matou instantaneamente

78.000 e depois mais 62.000 japoneses.

O extremado amor de Paul por sua mãezinha ficou bem claro

quando ele batizou o B-29 com seu nome, hoje imortalizado.

Paul Tibbets era filho de Enola Gay e um grandíssimo filho da puta,

e partiu deste mundo para o inferno que existe, mas apenas sob o(a) Enola Gay.

Pensem nas crianças mudas telepáticas
Pensem nas meninas cegas inexatas,
Pensem nas mulheres rotas alteradas,
Pensem nas feridas como rosas cálidas,
Mas não se esqueçam da rosa da rosa,
Da rosa de Hiroxima a rosa hereditária,
A rosa radioativa estúpida e inválida,
A rosa com cirrose a anti-rosa atômica,
Sem cor nem perfume sem rosa sem nada

A Rosa de Hiroxima – Vinícius de Moraes

A bomba
é uma flor de pânico apavorando os floricultores
A bomba
é o produto quintessente de um laboratório falido
A bomba
é estúpida é ferotriste é cheia de rocamboles
A bomba
é grotesca de tão metuenda e coça a perna
A bomba
dorme no domingo até que os morcegos esvoacem
A bomba
não tem preço não tem lugar não tem domicílio
A bomba
amanhã promete ser melhorzinha mas esquece
A bomba
não está no fundo do cofre, está principalmente onde não está
A bomba
mente e sorri sem dente
A bomba
vai a todas as conferências e senta-se de todos os lados
A bomba
é redonda que nem mesa redonda, e quadrada
A bomba
tem horas que sente falta de outra para cruzar
A bomba
multiplica-se em ações ao portador e portadores sem ação
A bomba
chora nas noites de chuva, enrodilha-se nas chaminés
A bomba
faz week-end na Semana Santa
A bomba
tem 50 megatons de algidez por 85 de ignomínia
A bomba
industrializou as térmites convertendo-as em balísticos interplanetários
A bomba
sofre de hérnia estranguladora, de amnésia, de mononucleose, de verborréia
A bomba
não é séria, é conspicuamente tediosa
A bomba
envenena as crianças antes que comece a nascer
A bomba
continnua a envenená-las no curso da vida
A bomba
respeita os poderes espirituais, os temporais e os tais
A bomba
pula de um lado para outro gritando: eu sou a bomba
A bomba
é um cisco no olho da vida, e não sai
A bomba
é uma inflamação no ventre da primavera
A bomba
tem a seu serviço música estereofônica e mil valetes de ouro, cobalto e ferro além da comparsaria
A bomba
tem supermercado circo biblioteca esquadrilha de mísseis, etc.
A bomba
não admite que ninguém acorde sem motivo grave
A bomba
quer é manter acordados nervosos e sãos, atletas e paralíticos
A bomba
mata só de pensarem que vem aí para matar
A bomba
dobra todas as línguas à sua turva sintaxe
A bomba
saboreia a morte com marshmallow
A bomba
arrota impostura e prosopéia política
A bomba
cria leopardos no quintal, eventualmente no living
A bomba
é podre
A bomba
gostaria de ter remorso para justificar-se mas isso lhe é vedado
A bomba
pediu ao Diabo que a batizasse e a Deus que lhe validasse o batismo
A bomba
declare-se balança de justiça arca de amor arcanjo de fraternidade
A bomba
tem um clube fechadíssimo
A bomba
pondera com olho neocrítico o Prêmio Nobel
A bomba
é russamenricanenglish mas agradam-lhe eflúvios de Paris
A bomba
oferece de bandeja de urânio puro, a título de bonificação, átomos de paz
A bomba
não terá trabalho com as artes visuais, concretas ou tachistas
A bomba
desenha sinais de trânsito ultreletrônicos para proteger velhos e criancinhas
A bomba
não admite que ninguém se dê ao luxo de morrer de câncer
A bomba
é câncer
A bomba
vai à Lua, assovia e volta
A bomba
reduz neutros e neutrinos, e abana-se com o leque da reação em cadeia
A bomba
está abusando da glória de ser bomba
A bomba
não sabe quando, onde e porque vai explodir, mas preliba o instante inefável
A bomba
fede
A bomba
é vigiada por sentinelas pávidas em torreões de cartolina
A bomba
com ser uma besta confusa dá tempo ao homem para que se salve
A bomba
não destruirá a vida
O homem
(tenho esperança) liquidará a bomba.

A Bomba – Carlos Drummond de Andrade

Porque hoje é sábado, uma mensagem vinda da Alemanha (por Heidi Klum)

Por Francisco Marshall

Recebi esta mensagem para ti, MR, e a transmito, traduzida:
“Querido Milton Ribeiro, cujo nome celebra nosso herói maior, Bach,

Clicando em mim, a imagem fica bem grande, tá?

Clicando em mim, a imagem fica bem grande, tá?

oi, querido.
Duvido que você realmente goste da flauta que vem de seus vizinhos, argentinos.

02heidi-klum-jpeg-1352419746

Até posso vestir azul, mas é só para poder despir e viver bem meu corpo cheio de fantasia.

03heidi-klum-20080301-384083

Gosto das praias da América, e de usar bikinis generosos

04Heidi-Klum-7

mas por solidariedade latino-americana, eu não apoiaria Pinochet, Videla ou Stroessner, menos ainda bravateiros arrogantes que insultam o nosso amado Brasil

08Heidi-Klum-Pictures-1-1

Além disso, estranho que um especialista como tu prefira estes peitos estranhos da argentina, às minhas obras primas.

06Heidi-Klum-Naked-2

Ademais, tenho outros atributos

07celeb_celebrity_famous-people-nude_German_Heidi+Klum_naked_nude_topless_3

Eu também falo castelhano, viu?

05heidi-klum

Por estas e outras, e por tudo que te permito sonhar

09Heidi-Klum-Naked-3

É que te peço que analises de modo objetivo

10heidi-klum-nude-heidilicious-rankin-01

E aceites meu pedido de reconsideração

11heidi8bfc7122

E deixe esses boludos se fuderem sem o seu apoio

Continuar lendo

Porque hoje é sábado, porque amanhã vou torcer para Argentina

Creio que o beijo de Pamela David na camiseta da Argentina

Pamela_David_01

fará com que meus sete leitores

Bicolor-4

se agreguem à grande corrente latino-americana

Pamela_David_03

que varrerá a ameaça germânica de nosso continente.

Bicolor-2

A elegância alemã, a gentileza e educação com que nos trataram em campo,

Pamela_David_05

chegando ao nível da clemência,

Pamela_David_06

não me enganam.

Pamela_David_07

Por outro lado, há 5 coisas a considerar ou invejar na decisão de domingo:

Pamela_David_08

1. o comportamento apaixonado da torcida argentina,

Pamela_David_09

2. Messi,

Pamela_David_10

3. a necessária vingança contra nosso algoz,

Continuar lendo

Porque hoje é sábado, e talvez você tenha que se apressar

O PHES de hoje é novamente uma contribuição do estudante de tecnologia Elton Freitas, brasiliense e, segundo ele, ‘ávido leitor’ do PHES.

.oOo.

As mulheres talvez não saibam, mas é durante a manhã

1

na hora do despertar, que elas são extremamente atraentes.

2

É encantadora a delicadeza das mulheres ao acordarem pela manhã.

3

Ainda mais se esta for uma manhã de sábado.

4

Sem aquela pressa de levantar-se para ir ao trabalho.

5

É na manhã de sábado que o despertar da mulher fica ainda mais belo.

6

Naquele instante que elas se demoram na cama sem nenhum estímulo para se levantarem

7

Permanecendo ali. Absortas em seus próprios pensamentos.

8

É na manhã de sábado que elas se prolongam em seus meneios matinais

9

No espreguiçar;

10

No sair da cama;

11

No mexer do cabelo;

12

No olhar do espelho;

13

No vestir da roupa;

14

No café.

15

Espero que meus outros seis amigos leitores tenham a quem ver acordar nesta manhã

16

Pois, caso não tenham, sugiro que se apressem. Porque afinal,

17

hoje é Sábado.

Porque hoje é sábado, Alejandra Guilmant

Só para os amigos pararem de reclamar

Alejandra Guilmant 07

Escrevo este PHES curtinho

Alejandra Guilmant 01

Assim param de me difamar

Alejandra Guilmant 04

E a quem quero com tanto carinho

Alejandra Guilmant 05

Pois quem não cessa de me proclamar

Alejandra Guilmant 06

Um reles cordeirinho

Alejandra Guilmant 08

Na verdade adoraria viver e estar

Alejandra Guilmant 09

Em semelhante redemoinho.

Alejandra Guilmant 13

Tá bom, tá bom, chega de quadrinhas

Alejandra Guilmant 11

Alejandra Guilmant é um modelo mexicana

Alejandra Guilmant photo shoot by Karl Rothenberger (2012)

Da qual apenas sabemos

Alejandra Guilmant 14

Não ser nada puritana…

Porque hoje é sábado, um retrô das coelhinhas da Playboy entre 1962 e 1974 (e Rose de Primo…)

Sim, sei que a Páscoa já passou, …

Retro Rabbit Costume (16)

… mas também sei que não houve um PHES do feriadão.

Retro Rabbit Costume (15)

Durante aqueles dias descansados, pensei — só pensei — …

Retro Rabbit Costume (14)

… em como fazer um post alusivo à data.

Retro Rabbit Costume (13)

E lembrei das famosas Coelhinhas da Playboy dos anos de minha adolescência.

Retro Rabbit Costume (12)

Nunca dei muita bola para elas.

Retro Rabbit Costume (11)

Mesmo que fosse um adolescente bem bobo, …

Retro Rabbit Costume (10)

… aquela coisa de coelha não dava em fantasia nenhuma.

Retro Rabbit Costume (9)

Hoje, décadas depois, olho aquelas antigas meninas-coelhas e acho-as …

Retro Rabbit Costume (8)

… comovedoramente feias e ridículas. Comovedoramente porque as imagino, …

Retro Rabbit Costume (7)

… como serão nos dias de hoje, vivendo como coelhas aposentadas.

Retro Rabbit Costume (6)

Vejam acima como estrias não eram problema! Gostei de ver.

Retro Rabbit Costume (5)

Céus! Acabo de consultar o Google… Soube que atualmente ainda há Coelhinhas…

Retro Rabbit Costume (4)

É um gênero de degradação feminina que não cabe mais existir, certo?

Retro Rabbit Costume (3)

É algo de outra era. Será que a Playboy não se modernizou com o feminismo?

Retro Rabbit Costume (1)

Bem, já eu, nos anos 70, aqui no Brasil, fazia como todo mundo.

Rose-di-Primo-moto

Preferia a Rose di Primo.

Rose di Primo

Ela realmente não precisa de orelhas postiças, né?

Porque hoje é sábado, Haylie Noire

O PHES de hoje é uma contribuição do estudante de tecnologia Elton Freitas, brasiliense e, segundo ele, ‘ávido leitor’ do PHES. Ele nos traz Haylie Noire e diz esperar que ela seja de alguma valia para meus outros seis leitores.

(Alguma valia…)

.oOo.

O único lugar onde você vai encontrar Haylie Noire é em seu tumblr.

Haylie Noire 01

Onde ela compartilha as fotos que tira em seu apartamento.

Haylie Noire 02

Sabe-se apenas que é francesa e tem 1,69m de altura.

Haylie Noire 03

E que Vinícius de Morais aprecia todos os ingredientes de seu corpo. Visto que foi o próprio poeta quem escreveu:

Haylie Noire 04

“Que a mulher se socialize elegantemente em azul, como na República Popular Chinesa”

Haylie Noire 05

“Com olhos

Haylie Noire 06

e nádegas.

Haylie Noire 07

Nádegas é importantíssimo.”

Haylie Noire 08

“É preciso que as extremidades sejam magras; que uns ossos

Haylie Noire 09

Despontem, sobretudo a rótula no cruzar as pernas, e as pontas pélvicas

Haylie Noire 10

No enlaçar de uma cintura semovente.”

Haylie Noire 11

“e que seus seios

Haylie Noire 12

Sejam uma expressão greco-romana, mas que gótica ou barroca

Haylie Noire 13

E possam iluminar o escuro com uma capacidade mínima de cinco velas.

Haylie Noire 14

Sobremodo pertinaz é estarem a caveira e a coluna vertebral

Haylie Noire 15

Levemente à mostra; e que exista um grande latifúndio dorsal!

Haylie Noire 16

Os membros que terminem como hastes, mas bem haja um certo volume de coxas”

Haylie Noire 17

Há quem discorde do poeta?

Porque hoje é sábado, vinte tons de preto-e-branco

O grande Marcos Vasconcelos, mezzo cearense, mezzo carioca, escolheu as fotos e escreveu o texto deste PHES especial. Marcos é um pervertido que pode ser encontrado administrando a comunicação da Rede de Bibliotecas da Uerj. Atualmente, todas as tais bibliotecas apresentam curioso tom acinzentado e têm livros como o Kama Sutra, o Decamerão, Fanny Hill, 120 Dias de Sodoma, A História do Olho, A História de “O”, Teresa Filósofa e outros clássicos, tão vilipendiados.

.oOo.

Prezado Milton, não me perderei em inúteis prolegômenos, mas preciso dizer:

foto1

não foi fácil substituí-lo no PHES. Foi cansativo.

foto2

E me virou do avesso. Que sirva de aviso aos que virão.

foto3

São muitas escolhas, entre elas: seguir o estilo do dono…

foto4

…ou imprimir o meu próprio?

foto5

E que musa escolher? São tantas!

foto6

Sem ver saída, resolvi fazer um ensaio platônico…

foto7

(É sério, não ria.)

foto8

…afinal, numa semana em que as mulheres foram tão aviltadas, eu quis falar não do que me encanta nelas como homem, mas o que nelas é encantador por definição.

foto9

Por exemplo: a beleza clássica…

Charlize Theron

…e a beleza estranha.

foto11

A juventude…

foto12

…e a maturidade.

foto13

A atitude…

foto14

…e o sonho.

foto15

A mente…

EWBR

…e a coragem.

foto17

A sombra…

foto18

…e a luz.

foto19

Porque para elas isso não é nada. E também é tudo.

foto20

(Alicia Keys, Elizabeth Taylor, Monica Bellucci, Anita Eckberg, Mary Elizabeth Winstead, Scarlett Johansson, Jean Seberg, Halle Berry, Amy Lee, Charlize Theron, Brittany Murphy, Jennifer Lawrence, Susan Sarandon, Hayley Williams, Irène Jacob, Emma Watson, Ellen Page, Noomi Rapace, Kate Winslet e Shakira Mebarak.)

Porque hoje é sábado, descansarei

De vez em quando não dá vontade de fazer o PHES; então, seguindo sugestão do Marcos Vasconcelos, decidi terceirizá-lo para os NOTÁVEIS que se atreverem a fazê-lo. O primeiro será o próprio Marcos, no próximo sábado. Esperamos também a presença de colaboradoras, imagina se não!

Meu e-mail está ao lado. Escolha as fotos (entre 12 e 20, grandinhas), escreva o texto e mande tudo para o e-mail ao lado com a sigla PHES no título do mesmo, por favor. Ah, não coloque só bagaceirada porque este é o blog da família gaúcha, tá? Como diria Chico Buarque, “Exijo respeito, não sou mais um sonhador”.

Monica Bellucci quer saber:  "Entenderam direitinho?".

Monica Bellucci quer saber: “Entenderam direitinho?”.