Bom dia, Argel Fucks (com os gols da façanha de ontem)

Bom dia, Argel Fucks (com os gols da façanha de ontem)
Pô, Paulão, para de fazer merda!
Pô, Paulão, para de fazer merda!

Argel, como disse um amigo numa lista de discussões: “4 do Grêmio, 5 da Chapecoense, 5 do Grêmio, 3 do Avaí, isso de 2014 pra cá. Acho que nem nos anos 90 isso acontecia”. Verdade, Gérson. A gente perdia quase sempre de pouco naqueles desgraçados anos.

Mas, olha, o jogo de ontem — Avaí 3 x 0 Inter — foi muito estranho. O time estava até direitinho, à exceção da defesa, que voltou a fracassar. Primeiro, dominávamos o jogo quando houve um pênalti óbvio sobre Sasha que, aliás, deveria ter empurrado de primeira a bola para dentro do gol. Afinal, estava na pequena área sem goleiro. Pra que complicar? Depois, nossa defesa começou a dar sinais que era Dia de Paulão. Jamais vou entender porque o zagueiro, que é o Rei do Chutão, resolveu proteger aquela bola para que Alisson viesse de Sombrio para agarrá-la. Quase que saiu o primeiro gol do Avaí. Quem conhece o Inter disse na hora: Argel, tira o Paulão que hoje ele vai entregar. Não deu outra. Ele, tendo Nilton e Géferson como coadjuvantes, perturbou toda a defesa.

No segundo tempo, quando torcia por um golzinho qualquer que nos desse uma vitória mínima, o juiz inventa de dar um pênalti contra nós, daqueles que ninguém dá no mundo. Uma sutil puxada de Paulão, é claro, no braço de um atacante havaiano, quando a bola já estava longe, fora de perigo. Nem os jogadores do Avaí entenderam o que o árbitro marcara. Foi uma alegre surpresa do conhecido piadista Jean Pierre Lima.

Daí pra frente, Argel, teu time se desmanchou. (E, como tinha escrito sexta-feira, lá em Itu ninguém poupou forças…) Tomamos dois gols em chutões pra frente, um deles desferido pelo goleiro do Avaí. Não foi um jogo que condenasse teu trabalho, mas acho que tu deves decidir se o teu sétimo zagueiro em qualidade deve permanecer jogando (revisando: Juan, Ernando, Alan Costa, Réver, Eduardo, Moledo). No banco, Juan devia estar dando gargalhadas.

Melhor tentar esquecer o jogo de ontem pondo a culpa no juiz e no preparo físico.

Boa tarde, Diego Aguirre (um bilhete e os melhores lances da pelada de ontem)

Boa tarde, Diego Aguirre (um bilhete e os melhores lances da pelada de ontem)
Vitinho faz careta logo após a ressurreição.
Vitinho faz careta logo após a ressurreição.

Teu Inter, Aguirre, acredita no rumo traçado pela comissão técnica e o resto — Wianey e que tais — deve permanecer como ruído de fundo. Ontem, fizemos um paupérrimo jogo contra o Avaí, mas vencemos e isso é fundamental para que o ruído não alcance o time titular, empenhado na Libertadores. Jogamos muito mal, corremos riscos de perder, só que a boa e velha lei da boa pontaria falou mais alto e, pimba!, gol de Vitinho. E mais nada.

O Grêmio também protege a estratégia colorada das críticas. Afinal, se em duas rodadas está atrás de nós na classificação, o que dizer dos queridinhos da RBS? Alerto que, com o time 100% reserva, o Inter está em 12º lugar no Brasileiro, enquanto que o Grêmio, com o time 100% titular, está em 18º.

Mas, cá entre nós, Aguirre, livre-se de Alan Ruschel anteontem, de Léo ontem, e de Luque (com Rafael Moura) hoje à tarde, por favor. Vitinho e Paulão ficam em observação, mas os 3 citados acima podem ir para o moedor de carne imediatamente.

https://youtu.be/aMANoVMTtyI

Tudo decidido

Milton Ribeiro traz de volta seu amor, desata macumbaria, doenças mandadas e da carne. Traz seu emprego de volta — assim como o desejo — , cura doenças e faz com que ela chame seu nome durante o orgasmo com outro homem. Faz tudo ao contrário e vice-versa se você for mulher. Por isso, sei que o Campeonato Brasileiro de 2009 está decidido: o Flamengo é o campeão, o Cruzeiro surpreenderá ao não entrar no bolo, o Avaí dará o ar de sua graça na Libertadores e Palmeiras e Atlético-MG seguirão os ridículos de sempre. Na Hora H, seguindo o determinismo atávico que os rege, abrirão as pernas.

Vejo o Parmera como 7º colocado do Brasileirão 2009. O Palmeiras parece tudo, menos um time italiano. Os times italianos tomam poucos gols, têm esquema tático rígido, marcam e batem muito. O Palmeiras só ficou com o histrionismo. Primeiro, perderá para o Grêmio no Olímpico; depois, em jogo de peculiar melancolia, empatará com o Atlético-MG e verá seu ocaso no Engenhão em novo empate.

O 6º colocado ainda conquistará 5 pontos. Isso só servirá para gáudio de sua imensa torcida e para Sexy Hot dizer que as circunstâncias não favoreceram a seu time. Não ignoramos: as circunstâncias só estão a favor do Atlético-MG quando, concomitantes, os búzios dormem, os morcegos voam nas praias e Douglas Ceconello fica só no suco de laranja. Nestas — e só nestas — circunstâncias coisas boas acontecem. Num desses raros dias, vimos um goleiro com uma chupeta na boca buscar ao mesmo tempo duas bolas dentro de seu gol e aquilo valeu por dois.

O 5º colocado será o Cruzeiro, que conquistará 6 pontos, o que fará Sexy Hot reclamar que número de vitórias é critério de jirico. Depois, consolar-se-á ao ver que o Avaí ultrapassou também os azuis em seu sprint final. Adilson Batista, sonhando com os R$ 230.000,00 mensais que o Grêmio lhe ofereceu, será o grande vilão cruzeirense. Nos jogos finais, abandonarão aquela bichice degradê que utilizaram sábado passado. Credo, que lixo! (Ler a frase anterior com entonação guei.)

O 4º colocado fará com que a manezada enlouqueça e o valor de Silas suba às alturas. Três vitórias nas últimas três rodadas! O Olé fará muitas piadas com o nome do clube, mas ele irá longe na Libertadores. Jogará um jogo das semifinais e outro das finais no Beira-Rio. Haverá uma invasão de manés que, enfim, conhecerão Porto Alegre. Vão achar ridícula.

Por falar em lixo, o 3º colocado será a prova de que é importante reciclá-lo sempre. Marquinhos será vendido, assim como Sandro, D`Alessandro e Alecsandro. Luxemburgo atuará como empresário e o time será eliminado na primeira fase da Libertadores.

O São Paulo — o verdadeiro clube italiano daquele estado, pois tem boa defesa e futebol chatíssimo — tomará apenas mais um gol neste ano, mas este, de Lúcio Flávio, será fatal. Fará a semifinal da Libertadores contra o Avaí. Será goleado em Porto Alegre. Rogério Ceni culpará a arbitragem.

O Flamengo vencerá o Brasileiro com um pé nas costas. Digo desde o primeiro semestre que é o time de melhor futebol no país. Tudo bem, me hostilizaram quando eu dizia que o Flamengo era um grande time sem ataque. Agora, ele tem Adriano e vocês vão ter de engoli-lo campeão.

A seguir, tudo o que os búzios me contaram, rodada a rodada. O vencedor de cada partida está em negrito.

Como está hoje:

1º São Paulo 62 pts -17 v – 14 g
2º Flamengo 60 pts – 17 v – 11 g
3º Palmeiras 59 pts – 16 v – 14 g
4º Internacional 56 pts – 16 v – 16g
5º Atlético-MG 56 pts – 16 v – 5 g
6º Cruzeiro 55 pts – 16 v – 1 g
7° Avaí 53 pts – 14 v – 10 g

36ª Rodada

Grêmio x Palmeiras
Atlético-PR x Cruzeiro
Botafogo x São Paulo
Flamengo x Goiás
Atlético-MG x Internacional
Santo André x Avaí

1º Flamengo 63 pts – 18 v – ? g
2º São Paulo 62 pts -17 v – ? g
3º Palmeiras 59 pts – 16 v – ? g
4º Internacional 57 pts – 16 v – 16 g
5º Atlético-MG 57 pts – 16 v – 5 g
6º Avaí 56 pts – 15 v – ? g
7º Cruzeiro 55 pts – 16 v – ? g

37ª Rodada

Corinthians x Flamengo
Palmeiras x Atlético-MG
Goiás x São Paulo
Sport x Internacional
Cruzeiro x Coritiba
Avaí x Santos

1º Flamengo 66 pts – 19 v – ? g
2º São Paulo 65 pts -18 v – ? g
3º Internacional 60 pts – 17 v – ? g
4º Palmeiras 60 pts – 16 v – ? g
5º Avaí 59 pts – 16 v – ? g
6º Cruzeiro 58 pts – 17 v – ? g
7º Atlético-MG 58 pts – 16 v – ? g

38ª Rodada

São Paulo x Sport
Santos x Cruzeiro
Internacional x Santo André
Flamengo x Grêmio
Atlético-MG x Corinthians
Botafogo x Palmeiras
Náutico x Avaí

1º Flamengo 69 pts – 20 v – ? g
2º São Paulo 68 pts -19 v – ? g
3º Internacional 63 pts – 18 v – ? g
4º Avaí 62 pts – 17 v -? g
5º Cruzeiro 61 pts – 19 v – ? g
6º Atlético-MG 61 pts – 17 v – ? g
7º Palmeiras 61 pts – 16 v – ? g

E assim terminará o Brasileiro de 2009.

Obs.: Se houver erros nas pontuações, é que as fiz apenas uma vez.