Bom dia, Argélico (com os melhores lances de sábado)

Bom dia, Argélico (com os melhores lances de sábado)
Aylon: não tem cara de centroavante, mas é
Aylon: não tem cara de centroavante, mas é

Eu fiz uma previsão que só o Alexandre Constantino ouviu. Foi quinta-feira, aqui em casa. Eu disse que Inter venceria, o Grêmio empataria e o Corinthians perderia nesta rodada, deixando os líderes do Brasileiro numa escadinha: Inter, 16; Palmeiras, 15; Grêmio, 14 e Corinthians, 13. Pois ficaria bonitinho. E aconteceu!

Agora, o Inter é a tartaruga em cima da árvore. Ninguém sabe como chegou lá, mas sabe-se que vai cair. Como eu, tem muito colorado rindo à toa, sem saber por quê.

Porém, ah, porém… O Miguel Galbarino me responde com uma afirmativa perturbadora. Diz que não tenho visto os outros times jogarem — o que é verdade — e que nossa posição como líder não o surpreende. Porém, o Dario Bestetti conta os pontos para não cairmos no rebaixamento — faltariam 30. E, porém, o Corneta Colorada, a melhor coisa que aconteceu na imprensa colorada neste século, ridiculariza todos — é um corneteiro profissional –, ordenando: “A primeira regra do clube do líder do Brasileirão é não falar de quem é o líder do Brasileirão”. E ilustra a frase com uma imagem alusiva a nossa liderança.

Brad Pitt

No último sábado, fizemos dois belos gols no América-MG (ambos do centroavante Aylon), tomamos o maior sufoco, eles descontaram, quase empataram, melhoramos com a entrada de Anderson e finalmente consolidamos a vitória com Ernando. O 3 x 1 não foi injusto, mas não diz de nosso susto. O próprio Argel admitiu a oscilação, enquanto que a torcida roeu até os ossos dos dedos com a notável sucessão de gols perdidos pelo América. O goleiro Danilo Fernandes voltou a jogar muito e Alex está pedindo aposentadoria.

E assim nós vamos vivendo. Muito esforço e algum futebol. Se a concorrência ficar trocando pontos como está, o time que conseguir pontos em casa e empates fora estará bem na foto. Eu não estou feliz porque não vejo futebol no Inter, mas é indiscutível que sete rodadas já servem para demonstrar alguma tendência. O Santa Cruz e a Chape já começam a sumir e quem pode mandar no campeonato já está na frente. Na minha opinião, o favorito é o Palmeiras. Tem bom técnico e numeroso elenco. Anotem.