Os oito jogos das oitavas-de-final da Copa de 2014 com os classificados

Os oito jogos das oitavas-de-final da Copa de 2014 com os classificados

Vamos ver o tamanho do fiasco que vou passar com minhas previsões…

Brasil x Chile (Belo Horizonte, 28 de junho, às 13h)
—> Passa o Chile. ERRADO.

Colômbia x Uruguai (Rio de Janeiro, 28 de junho, às 17h)
—> Passa a Colômbia. CERTO.

Holanda x México (Fortaleza, 29 de junho, às 13h)
—> Equilibrado, mas passa a Holanda. CERTO.

Costa Rica x Grécia (Recife, 29 de junho, às 17h)
—> Costa Rica, fácil. NADA FÁCIL, MAS CERTO

França x Nigéria (Brasília, 30 de junho, às 13h)
—> França, infelizmente.

Alemanha x Argélia (Porto Alegre, 30 de junho, às 17h)
—> Passa a Alemanha.

Argentina x Suíça (São Paulo, 1º de julho, às 13h)
—> Passa a Argentina

Bélgica x EUA (Salvador, 1º de julho, às 17h)
—> Complicado… Passa a Bélgica.

Lionel Messi

 

Prognósticos para Inter e Grêmio

No ano passado, mais ou menos por esta época, disse que era impossível o Inter ser campeão e que a Libertadores era um sonho distante. Já para o Grêmio, apenas o céu era o limite numa época sem São Paulo. Este ano, a situação inverteu-se e novamente nossas perspectivas estão tão distantes quanto estão as de Richarlysson e Wando.

E chegamos àquele período no qual, numa bela noite chuvosa pós-Tardelli, pós-timão e pré-Palmeiras, faço o que prometi não fazer mais: fazer renascer meus pobres conhecimentos estatísticos, mergulhar em números e dormir às cinco da manhã cheio de certezas, louco para acordar alguém a fim de contá-las. Desculpem, mas vocês foram o povo escolhido para lerem minhas bobagens numéricas. Fodam-se.

O número mágico de Libertadores é o 65. Fora disso é quase certo que não vai dar. (Por favor, não contem isso ao Meira, porque acho divertidas suas “garantias” de um futuro G-4.) O Grêmio tem 28 pontos. Então precisaria de 37 nas próximas 18 partidas. Olha, isso é mais do que ganhar todas em casa e empatar todas fora, um pouco mais do que a média de 2 pontos por jogo, mais do que os 66%. Se o Grêmio não fizer algo em torno 100% em casa e mais 3 vitórias fora, ou se não conseguir 100% em casa e mais duas vitórias e um empate fora, pode se considerar Campeão Gaúcho de 2010.

Pois o Inter estará provavelmente preocupado em correr o continente e em não repetir o fiasco de 2007. Com 33 pontos e 20 jogos a realizar, precisa de mais 32, ou seja, chegará lá mesmo diminuindo um pouco o ritmo abostado que apresenta hoje. Tem 20 jogos para fazer um ponto a menos do que fez em 18.

Para ganhar o Brasileiro, os números são outros: são de 73 pra cima. O Grêmio pode esquecer. Prometo mostrar meu ventre protuberante e cinquentenário no Magazine G se o tricolor gaúcho fizer 45 pontos em 18 jogos.

Já o Inter… Olha, os números indicam que o Inter ainda é maior favorito ao título; mas, meus caros amigos, vinde até minha mesa conversar comigo, sirvam-se de cerveja ou de chimarrão – sabe-se lá a que horas você lerá isso aqui –, vamos falar olho no olho e com aquela franqueza a que a mesa, a bebida e a amizade predispõe. Agora responda: você consegue imaginar Tite campeão brasileiro? Se consegue, acho que é melhor voltar de táxi para casa.